MORTE

Suspeito de matar médica a facadas em Teresina morre em acidente de trânsito

Ele teria fugido do condomínio onde a médica morava no bairro Primavera em Teresina levando a criança


Carro conduzido por suspeito colidiu contra carreta

Carro conduzido por suspeito colidiu contra carreta Foto: Reprodução/WhatsApp

O homem identificado como Kelson, suspeito de ter assassinado a médica Caroline Naiane a facadas na frente da filha de apenas seis anos morreu em um acidente de trânsito na noite deste sábado (11), momentos após o feminicídio. A colisão frontal aconteceu na BR 316, quilômetro 18,1, em Teresina.

Após o crime, Kelson fugiu do condomínio onde a médica morava, no bairro Primavera em Teresina, levando a criança. Durante a fuga, a deixou na casa dos avós e já sozinho provocou o acidente.

O suspeito teria colidido o carro, modelo Cruze LT HB, contra uma carreta nas imediações da empresa Dudico. De acordo com o motorista do veículo de carga, o homem teria jogado o Cruze para cima do caminhão. 

"Bateu de frente [comigo] na contramão, eu ainda puxei pro acostamento, tá lá as marcas do freio que eu dei ainda... demorou um pouco e começou o fogo no carro dele lá", comenta o caminhoneiro em vídeo que circula nas redes sociais.

Após a colisão, o carro de Kelson pegou fogo. As chamas podiam ser vistas a vários metros de distâncias do local do acidente.

A seguir nota divulgada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-PI), que atendeu a ocorrência.

No dia 11/04/2020 às 19h30 na BR 316 KM 18,1 na cidade de Teresina/PI, Policiais Rodoviários Federais atenderam a um acidente tipo Colisão Fontal seguido de incêndio envolvendo veículo CHEVROLET/CRUZE LT HB conduzido por uma pessoa não identificada que teve óbito no local carbonizada e um veículo de carga VOLVO/FH 460 6X2T conduzido por um homem que teve lesões leves e transportava como passageiro uma pessoa não identificada que teve lesões graves. 

Informações e vestígios dão conta que o veículo de passeio colidiu frontalmente com o veículo de carga na faixa contrária. Logo após a colisão houve explosões que causaram incêndio nos dois veículos. A identificação da pessoa carbonizada ainda não foi possível devido o alto grau de dano devido o incêndio e só será possível através de exames da Polícia Civil. O veículo de passeio está registrado em nome de um homem supostamente acusado de cometer assassinato na cidade de Teresina/PI na mesma noite. Os policiais ainda estão realizando diligência no sentido de identificar as possíveis causas do acidente. O trânsito no local ainda se encontra sendo realizado por faixas laterias. PRF, Polícia Civil, IML e Bombeiros no local.

VEJA O VÍDEO A SEGUIR


Matérias relacionadas

Ex-marido fingiu ser entregador para entrar em apartamento e matar médica em Teresina

Ex-marido é suspeito de matar médica na frente da filha de cinco anos em Teresina

Nota de pesar do CRM informa que médica assassinada atuava em 3 hospitais do Piauí

"Não poderá abraçar a filha nessa páscoa", diz Rejane Dias sobre médica assassinada

Próxima notícia

Dê sua opinião: