INVESTIGAÇÃO

Segurança da UFPI viu suspeito carregando corpo de Janaina na companhia de amigo

O amigo de Thiago pode ter tido participação no crime


Janaina da Silva Bezerra

Janaina da Silva Bezerra Foto: Montagem/Piauí Hoje

O segurança da Universidade Federal do Piauí (UFPI) prestou depoimento no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele foi a pessoa quem avistou Thiago Maryson da Silva Barbosa carregando a estudante de jornalismo Janaina da Silva Bezerra no colo pelos corredores da instituição na manhã de sábado (28). O segurança disse que a jovem já estava morta e que Thiago apresentava nervosismo ao ser abordado.

Em depoimento, o segurança disse que estava realizando vistoria no setor de Matemática por volta das 9h40 quando viu dois rapazes caminhando e um deles estava com uma jovem no colo. Ele se aproximou e perguntou o que houve.  

O segurança relatou ter visto hematomas e sangramentos na vítima e que perguntou: " essa moça está morta, o que houve?”. Thiago respondeu dizendo que Janaina havia bebido bastante. O segurança percebeu que a estudante não tinha pulsação e estava com as pupilas 'viradas'. A segurança da UFPI encaminhou a vítima para o Hospital da Primavera, na zona Norte, mas ela já chegou sem vida na unidade.  Thiago foi preso em flagrante sob suspeita de ter matado a estudante.

Antes de tirar Janaina da sala onde ela foi estuprada e assassinada, Thiago falou com um amigo por mensagem no celular e contou o que aconteceu. O amigo  sugeriu que Janaína fosse  levada a um hospital e foi até a sala onde Thiago estava com a vítima. Em seguida, os dois foram vistos pelos seguranças. 

Thiago teve a prisão convertida para preventiva e segue preso. Ele está sendo acusado de estupro e feminicídio. A polícia segue coletando os depoimentos.

AMIGO PODE SER PRESO

A polícia investiga se o amigo de Thiago teve participação no crime. Além disso, há hipótese de que Thiago e o amigo pretendiam ocultar o corpo da vítima, mas foram interrompidos ao serem abordados pelo segurança. 

SUSPEITO ALEGA QUEDA

O suspeito relatou à polícia que encontrou a jovem na calourada na noite de sexta-feira (27) e os dois foram para uma sala que ele tinha a chave. No local, os dois teriam tido relações sexuais consentidas. 

Thiago disse que sentiu que Janaina desmaiou em determinado momento e acha que nesta hora ela tenha batido a cabeça no chão. Ele disse ainda que achou que ela estivesse dormido e deitou ao lado dela. Quando acordou, ele relata ter visto Janaina suja de sangue em suas partes íntimas e que seu corpo estava frio.

LAUDO APONTA INDÍCIOS DE VIOLÊNCIA SEXUAL E PESCOÇO QUEBRADO

O laudo preliminar do Instituto de Medicina Legal de Teresina (IML) revela que Janaina teve o pescoço quebrado e tinha lesões no rosto e em outras regiões do corpo. Além disso foi encontrado sinais de violência sexual. 

Notícias relacionadas: 

Estudante de jornalismo é encontrada morta dentro da UFPI; suspeito é preso

Estudante morta na UFPI foi vítima de estupro e teve o pescoço quebrado

Estudantes da UFPI farão vigília em homenagem à Janaina Bezerra

Rafael Fonteles lamenta morte de estudante da UFPI e diz que responsáveis serão punidos

Decretada prisão preventiva do suspeito de estuprar e matar a estudante na UFPI

Suspeito de matar estudante da UFPI diz que ela caiu; veja detalhes do depoimento

Siga nas redes sociais
Próxima notícia

Dê sua opinião: