Artigos & Opinião

Lula chama Bolsonaro de puxa-saco e o "mito" fica desarmado


Lula e Bolsonaro no debate da Band

Lula e Bolsonaro no debate da Band Foto: Print/TV Band

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chamou o presidente Jair Bolsonaro (PL) de "puxa-saco" dos seus governos quando ele ainda era deputado federal. A ironia foi feita durante debate da Band, neste domingo (16/10).

O petista disse que Bolsonaro nunca discursou no Congresso contra ele. "Você era o meu maior puxa-saco na época do Congresso. Porque você sabe que eu ajudei o Exército que não tinha nem coturno. Não tinha nem avião." 

Para Lula, Bolsonaro "tinha orgulho de ter eu [Lula] como presidente".

Fonte: Jornal Estado de Minas Política.

Considerações:

No debate da Band, ficou evidente que o capitão sucumbiu diante de Lula. Então, sobre a pandemia, Bolsonaro só faltou esconder a cabeça dentro do paletó, tal foi o massacre do ex-presidente Lula. Nas demais questões, Bolsonaro não conseguiu sensibilizar os eleitores indecisos, como também foi ofuscado pelas respostas de ex-presidente Lula.

A não ser que os pastores de Michelle Bolsonaro tenham alguma carta na manga, tudo indica que o país será novamente governado pelo PT.

Infelizmente, a nação está carente de gente de melhor qualidade para presidir o país. Bolsonaro e Lula são duas figuras populistas que não enobrecem a política nacional.

Tweet from Rafael Cortez (@cortezrafa)

Rafael Cortez (@cortezrafa) Tweeted:
Se o candidato Jair Bolsonaro tiver um mínimo de semancol, ele saberá que foi humilhado, escorraçado e devorado vivo pelo Lula. Foi uma surra sem precedentes. Apanhe mais, Bozo. Ainda é pouco. Aguarde dia 30! #DebateNaBand

https://twitter.com/cortezrafa/status/1581810782412886016?s=20

Júlio César Cardoso

Servidor federal aposentado

Balneário Camboriú-SC


Se você quer escrever e expor suas ideias esse é seu espaço. Mande seu artigo para nosso e-mail (redacao@piauihoje.com) ou pelo nosso WhatsApp (86) 994425011. Este é um espaço especial para leitores, internautas, especialistas, escritores, autoridades, profissionais liberais e outros cidadão e cidadãs que gostam de escrever, opinar e assinando embaixo.
Próxima notícia

Dê sua opinião: