Franzé reage a ironia de Firmino: não sabe ouvir crítica

Firmino Filho disse que Franzé era novato e tinha pouco conhecimento


Deputado estadual Franzé Silva (PT)

Deputado estadual Franzé Silva (PT) Foto: Paulo Pincel

O deputado estadual Franzé Silva (PT) rebateu críticas do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), em relação ao pronunciamento sobre a falta de drenagem na capital. Franzé foi chamado de desconhecedor da realidade da cidade. 

O orador disse que entrou para a Prefeitura na mesma época que o atual prefeito, aprovado em concurso público, que nunca saiu daqui e que conhece muito bem os problemas. "Portanto, o prefeito está equivocado", frisou.
 
Franzé Silva divulgou dados sobre investimentos das Prefeituras do Nordeste em saneamento básico nos últimos quatro anos, como Recife, Aracaju, Fortaleza, Natal, São Luis, João Pessoa, Salvador e Maceió, todas com aplicações superiores a Teresina, que aplicou apenas dez por cento do que aplicou Aracaju, que investiu R$ 111,00 por habitante, contra R$ 11,00 da PMT.

 
Porta-voz

O deputado Evaldo Gomes (SD), como um porta-voz de Firmino, defendeu o prefeito de Teresina, propondo um debate isento de política na questão do saneamento. Evaldo lembrou que, até bem pouco tempo, a questão do saneamento, da drenagem das águas pluviais, ficava a cargo da Agespisa, que tinha convênio com a Prefeitura.

Evaldo Gomes citou obras do Projeto Lagoas do Norte e da galeria do Mocambinho er lembrou uma visita do presidente Lula a Teresina, numa época em que a cidade estava alagada, quando prometeu recursos para saneamento, o que nunca aconteceu. 

O deputado concluiu o aparte sugerindo parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura, de modo a solucionar os problemas da falta de drenagem, reconhecendo o apoio do governo Lula a outros setores da administração municipal, como a construção do Hospítal de Urgência de Teresina e dos recursos do Bolsa Família liberados para a população pobre de Teresina.


 
Franzé Silva prosseguiu rebatendo as declarações do prefeito, como a de que os deputados não destinam emendas para o saneamento básico, pedindo que ele informe que emendas destinou para o setor quando foi deputado estadual.
 
Em aparte, o deputado Francisco Limma (PT) disse que não costuma ir aos locais de alagamentos para não ser chamado de aproveitador, mas disse que não sabe porque o prefeito critica a atuação dos deputados.  Limma considerou "injusta" a colocação de Evaldo Gomes sobre o ex-presidente Lula, quando se sabe que cerca de 50 municípios do Piauí tiveram investimentos da Codevasf para saneamento básisco.
 
O presidente Themístocles Filho (MDB) também participou da discussão, informando que levará a questão do saneamento básico para o encontro com Assembleias Legislativas do Nordeste, onde o tema principal será a fusão do Banco do Nordeste ao BNDES. Themístocles considerou importante a participação da Assembleia Legislativa do Piauí na ajuda aos atingidos pela falta de drenagem.
 
O deputado Franzé Silva concluiu seu pronunciamento afirmando que não tem nenhuma pretensão de ocupar cargo no atual governo estadual, mas tão somente de exercer seu mandato parlamentar, descartando também a candidatura a Prefeito de Teresina. Franzé prometeu continuar amigo do prefeito Firmino Filho, mas defendeu que ele aprenda a ouvir as críticas.

Fonte: Alepi

Próxima notícia

Dê sua opinião: