APÓS 9 DIAS

Morre babá baleada na cabeça durante briga familiar na zona Sul de Teresina

Juliana da Silva estava na área de lazer brincando com uma criança quando foi atingida na cabeça


Juliana, Felipe e Daniel

Juliana, Felipe e Daniel Foto: Montagem/Piauí Hoje

Morreu na tarde desta segunda-feira (08), a babá Juliana da Silva, 36 anos, uma das vítimas baleadas durante briga familiar no bairro São Pedro, na zona Sul de Teresina. Juliana passou nove dias internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e não resistiu.

A tragédia ocorreu na manhã de 30 de julho. Os cunhados Felipe Holanda e Daniel Flauberth iniciaram uma discussão por causa do choro de uma criança autista, filho de Felipe. Daniel era instrutor de tiros e possuía armas de fogo em casa. Durante a briga, ele se armou e efetuou um disparo de dentro para fora da casa, que acidentalmente atingiu a babá.

Juliana da Silva estava na área de lazer brincando com uma criança quando foi atingida na cabeça. Após o primeiro disparo, Daniel travou luta corporal com Felipe e ambos foram baleados. Felipe foi atingido na virilha e morreu na noite do dia 30. Já Daniel foi baleado na cabeça e morreu na manhã seguinte. 

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Notícias relacionadas:

Briga em família termina em tiros e três pessoas feridas no bairro São Pedro

Morre servidor do TJ baleado durante briga familiar na zona Sul de Teresina

Morre no HUT segundo envolvido em briga familiar; 3ª vítima segue em estado grave

Delegado dá detalhes da tragédia familiar que deixou dois mortos em Teresina

Próxima notícia

Dê sua opinião: