TRAGÉDIA

Morre no HUT segundo envolvido em briga familiar; 3ª vítima segue em estado grave

A briga foi motivada pelo choro de uma criança autista


Daniel Flauberth

Daniel Flauberth Foto: Arquivo pessoal

Daniel Flauberth, segunda vítima baleada durante discussão familiar, morreu na madrugada deste domingo (31) no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Daniel era instrutor de tiros e foi baleado pelo cunhado, Felipe Holanda, durante briga na manhã de sábado (30), em uma residência no bairro São Pedro, na zona Sul de Teresina.

Daniel foi baleado na cabeça e estava internado em estado gravíssimo. O cunhado Felipe Holanda foi baleado na virilha e morreu na noite de ontem durante um procedimento cirúrgico no HUT. A terceira vítima é uma babá, Juliana Silva, que está internada em estado grave no HUT. 

Daniel era esposo da médica ginecologista Lorena Guimarães, que é irmã de Felipe Holanda. A discussão familiar foi motivada pelo choro de uma criança autista, filho de Felipe Holanda. Daniel teria se incomodado com o choro da criança e foi reclamar.

Em seguida, Daniel pegou uma arma de fogo e ameaçou Felipe, que se armou com uma faca. Os dois seguiram com a discussão, houve luta corporal e no final três pessoas foram baleadas. A babá teria sido baleada por engano. Ela foi atingida na cabeça.

Felipe Holanda

Notícias relacionadas:

Briga em família termina em tiros e três pessoas feridas no bairro São Pedro

Morre servidor do TJ baleado durante briga familiar na zona Sul de Teresina

Próxima notícia

Dê sua opinião: