‘Ridículo’, diz Flamengo sobre Flu querer anular jogo após derrota

Clássico ocorrido na noite desta quinta-feira ficou marcado por polêmica envolvendo a arbitragem


Clube de Regatas Flamengo

Clube de Regatas Flamengo Foto: Reprodução

Após a derrota para o Flamengo por 2 a 1, o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, disse que o tricolor vai à Justiça desportiva tentar anular a partida ocorrida na noite desta quinta-feira (13), em Volta Redonda.

De acordo com o UOL Esporte, o mandatário do clube das Laranjeiras afirma que houve interferência externa na anulação do segundo gol marcado pelo Flu, o que se configura descumprimento de uma regra.  

“Sou o maior defensor do uso de vídeo, mas ele ainda é irregular e a regra tem que ser igual para todos. Esse jogo tem que ser anulado", disse Peter à rádio Tupi do Rio de Janeiro.

Procurado pelo UOL, Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, debochou da ideia do Fluminense de anular o jogo nos tribunais. "Isso é ridículo", disse Bandeira.

O árbitro da partida foi Sandro Meira Ricci, que deixou o gramado escoltado pela Polícia Militar. Com a derrota, o Flu segue com 46 pontos, caindo para a sexta colocação da tabela. Já o Flamengo foi a 60, permanecendo na vice-liderança, um ponto do líder Palmeiras.

Fonte: Noticias ao minuto

Próxima notícia

Dê sua opinião: