NEGÓCIOS

Por que as barbearias são um sucesso?

Dizemos hoje que não se trata mais de oferecer um serviço - isso, qualquer um faz


Barbearia

Barbearia Foto: Divulgação

Estar alinhado com os valores do mercado, investir em produtos de qualidade, feitos para pessoas com diversos perfis, oferecer algum diferencial - talvez uma bebidinha ao final do corte de cabelo? -, escolher a melhor máquina de cartão: tudo isso é trabalho do empreendedor que deseja se destacar.

Especialmente quando a opção é abrir um estabelecimento nichado, como é o caso das barbearias, é preciso estudar maneiras arrojadas e inteligentes de atrair o público alvo.

Dizemos hoje que não se trata mais de oferecer um serviço - isso, qualquer um faz. Companhias que querem se destacar devem compreender que atender um cliente é oferecer uma experiência completa.

Ele não deve sair satisfeito por ter conseguido um corte de cabelo: o ambiente deve ser agradável, com pessoas boas de papo (o relacionamento interpessoal é tudo!), música em volume controlado e, claro, visual marcante.

Neste artigo, daremos algumas dicas de decoração para quem deseja abrir ou já tem uma barbearia e gostaria de torná-la mais atraente. Confira!

Dicas de decoração para barbearia: como criar um negócio matador

A primeira dica é: entenda o seu público.

Não basta saber que o seu espaço será frequentado por pessoas que têm barba: você precisa definir qual é o grupo que pretende atingir. Quantos anos têm os frequentadores que você deseja atrair? Qual é o poder aquisitivo deles? Quanto estão dispostos a gastar ao cortar o cabelo e fazer a barba?

Barbearias mais simples, como as de outrora, tendem a cobrar preços mais baixos e oferecer um espaço composto de pouco mais do que uma cadeira, espelho e luzes. Os frequentadores de locais do gênero são mais reservados, com gastos possivelmente mais conversadores, e idade mais avançada.

Barbearias premium, como as que têm pipocado nas grandes cidades, cobram mais, são altamente “instagramáveis” e, em geral, frequentada por pessoas entre os vinte e trinta, trinta e cinco anos de idade.

Se você deseja criar negócios atraentes para os indivíduos do segundo grupo, que são mais atraídos pela possibilidade de vivenciar experiências cotidianas de maneira marcante, pode seguir algumas tendências como:

Criação de lugar temático

Barbearias temáticas, às vezes com estúdios de tatuagem ou hamburguerias anexas, têm chamado muito a atenção dos consumidores mais modernos.

Curiosamente, a tendência de decoração tem sido a retrô: vitrine de vidro, logo feito em neon, com cores em branco, azul e vermelho, pisos de taco, cadeiras cromadas com estofado de vinil ou que imita couro são alguns dos elementos presentes nesses estabelecimentos.

Para deixar o ambiente mais "sessentista", é possível optar por imagens de artistas do cinema - James Dean, Marlon Brando, Al Pacino e Robert De Niro são algumas das opções preferidas -, em preto e branco, dentro de molduras grossas, feitas de madeira antiga.

Elementos em vermelho vivo aqui e ali combinam bem, assim como miniaturas de motocicletas, pequenas geladeiras com cerveja e espaço para guardar ou mesmo para vender jaquetas de couro (a tendência é o couro falso, para dialogar com o que tem sido discutido num sentido mais amplo).

Acerca dos serviços: é legal que, em casos do gênero, o barbeiro utilize navalha e métodos mais old school, como se diz por aí. Experiência completa!

Se não houver tema, lembre-se da tendência das selfies

O retrô não é exatamente o que faz a sua cabeça? Não se preocupe: existem outras possibilidades de atrair o público desejado.

Com a exposição trazida pelas redes sociais, as pessoas buscam lugares onde possam fazer fotos bonitas. Eventos de pequeno e grande porte, festas de empresa e de aniversário e até lançamentos de produtos têm criado ambientes feitos para quem deseja se fotografar.

Você pode criar espaços:

Com cores muito vivas, adereços chamativos ou absurdos: quadros virados de cabeça para baixo, estátuas estilizadas, sofás personalizados e até paredes pintadas com tinta preta, que permitem ao usuário deixar recados em giz, são uma boa pedida;

Neutros, mas com luz excelente. Para fazer um agrado, pode oferecer ao cliente a possibilidade de tirar uma foto caprichada ao final da sessão, com o celular dele ou para postar nas redes sociais da sua empresa;

Rústicos, com paredes de tijolos aparentes, armários de madeira maciça, mesas pesadas, com tampos de vidro, e adereços mais sóbrios, em preto, branco, cinza e tons de marrom. O quadriculado vermelho também pode aparecer, uma vez que o visual “lenhador” ainda atrai muita gente.

Próxima notícia

Dê sua opinião: