OPERAÇÃO TOPIQUE

Emails provam que Rejane Dias tenta audiência com a PF há cinco meses

Contatos mostram que há pelo menos cinco meses, a defesa da parlamentar tenta agendar audiência com a PF


Deputada federal Rejane Dias durante trabalhos na Câmara Federal

Deputada federal Rejane Dias durante trabalhos na Câmara Federal Foto: Reprodução/Facebook

O Piauihoje.com teve acesso a emails trocados entre os advogados da deputada federal Rejane Dias (PT) e a delegada Milena Caland, da Polícia Federal. Os contatos mostram que há pelo menos cinco meses, a defesa da parlamentar tenta agendar uma audiência para que ela prestasse esclarecimentos à PF, inclusive, sugerindo datas para as oitivas.

Email enviado dia 19.02.2020 pelos advogados da parlamentar

As tentativas duraram vários meses, sendo a mais recente já no dia 22 de julho. Nos e-mails, fica claro que os advogados também fizeram contatos por telefone, mas sem êxito. No dia 19 de fevereiro, um advogado faz referência ao contato telefônico e sugere o dia 12 de março para uma audiência em Brasília. A delegada da PF, Milena Caland, responde no dia seguinte confirmando ciência do pedido e prometendo confirmar a data ou propor uma nova.

No dia 2 de março, 11 dias após o primeiro e-mail, o advogado pergunta novamente se já havia uma confirmação de data. Contudo, a resposta da delegada só acontece mais 10 dias depois, em 12 de março, onde ela alegou estar com a caixa de e-mail cheia e não ter visto o novo pedido do advogado, inviabilizando a audiência que estava proposta para aquele dia.

Em um novo e-mail no dia 16 de março, o advogado novamente faz contato sugerindo cinco datas diferentes em que a deputada se coloca à disposição da polícia. Desta vez, a delegada informa que as audiências estariam suspensas devido a pandemia do novo coronavírus. Insistindo na colaboração, o advogado sugere que a oitiva seja feita por escrito.

A sequência de e-mails encerra com uma mensagem no dia 22 de julho, onde mais uma vez o advogado questiona sobre datas para oitivas e é ignorado.

No final da tarde desta segunda-feira (27) a assessoria de comunicação de Rejane divulgou nota e considerou a ação da Polícia Federal, desencadeada através da 3º fase da Operação Topique, invasiva. Segundo a ascom, a operação sequer teve autorização do Supremo Tribunal Federal.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Meu amigos, minhas amigas!

A deputada federal Rejane Dias foi surpreendida nesta manhã com uma operação de busca e apreensão no seu endereço funcional da Câmara dos Deputados e no endereço residencial onde hoje mora seu filho Vinícius e sua família.

De início, há que se ressaltar que inúmeras vezes da Deputada Rejane Dias se colocou à disposição da Justiça para prestar esclarecimentos e informações no referido processo, o que estranhamente não foi atendido e nem lhe dado a oportunidade de ampla defesa.

Outro ponto é que a referida ação de invadir o gabinete da deputada, sem autorização do Supremo Tribunal Federal é uma ação ilegal e arbitrária, sendo esse mais um episódio de espetacularização da Polícia Federal com o objetivo de denegrir imagens de pessoas e instituições, em especial naqueles governos e políticos filiados ao Partido dos Trabalhadores e que não estão alinhados politicamente com o Governo Bolsonaro.

Ao longo de sua história pessoal e política, a deputada Federal Rejane Dias tem tido um trabalho exemplar na área social, educacional e na defesa dos direitos das pessoas com deficiência. E assim vai seguir com seu trabalho na Câmara dos Deputados lutando pelos direitos dos brasileiros e piauienses.

Além disso, no âmbito da gestão pública todas as contas da Secretaria de Educação foram julgadas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado o que confirma a boa aplicação dos recursos públicos.

Por fim, lamentando o episódio de hoje, a deputada federal Rejane Dias reitera sua confiança nas instituições e na Justiça brasileira, de modo que as acusações que lhe são imputadas serão perfeitamente esclarecidas no momento oportuno e provada a sua total inocência.

Assessoria de Imprensa

Confira os documentos

Email 1

Email 2

Email 3

Email 4

Notícias relacionadas

Polícia Federal deflagra 3ª fase da Operação Topique e cumpre mandados na Seduc

Wellington Dias diz que operação da Polícia Federal é "mais um espetáculo"

Operação da PF no Piauí é abuso de autoridade e retaliação de Bolsonaro, diz nota do PT

Ciro Nogueira é o maior beneficiado com a operação da PF de hoje

Tranquila, deputada está à disposição para esclarecimentos sobre Operação da PF

Próxima notícia

Dê sua opinião: