Primeira-dama emplaca amiga surda em emprego federal

Michele Bolsonaro empregou Priscila Gaspar em secretaria


Michelle Bolsonaro durante a posse do presidente

Michelle Bolsonaro durante a posse do presidente Foto: Evaristo Sa/AFP

Foram apenas dois minutos de discurso no Parlatório do Palácio do Planalto — feito em língua de sinais — durante a posse do presidente Jair Bolsonaro . Mas o tempo foi suficiente para a primeira-dama Michelle de Paula Firmo Reinaldo Bolsonaro mostrar a que veio.
Discreta e com grande influência sobre o marido, ela foi a responsável por cunhar uma das principais bandeiras sociais da campanha dele, que terá destaque também no governo federal: a inclusão dos surdos.

Na primeira semana de governo, Michelle emplacou nomes na Esplanada como Priscila Gaspar na Secretaria Nacional da Pessoa com Deficiência, subordinada ao Ministério dos Direitos Humanos.

Surda e ativista da causa, Priscila também foi uma das amigas da primeira-dama escolhidas para trabalhar como tradutora da língua de libras na campanha do capitão reformado. Além dela, outros surdos ocuparão postos no Ministério da Educação graças a Michelle.

Fonte: O Globo

Próxima notícia

Dê sua opinião: