Pio IX inicia projeto Borboleta para auxiliar estudantes com dificuldades na leitura

Neste mês de março, os professores participaram de uma capacitação para iniciar o projeto nas escolas, com as turmas do 1º ao 5º ano e turmas de 9º ano.


Projeto Borboleta

Projeto Borboleta Foto: Ascom

Os educadores do município de Pio IX iniciaram um novo projeto educacional com metodologia de ensino que garantirá o desenvolvimento do aprendizado de alunos da rede municipal de ensino com dificuldades na leitura. Trata-se do Projeto Borboleta, uma iniciativa da Prefeitura de Pio IX, através de uma parceria com profissionais da Escola Municipal Casa Meio Norte, em Teresina.

O projeto Borboleta alfabetiza estudantes com dificuldades na leitura, ajudando no desempenho escolar, em salas borboletas, que vão reunir alunos para melhorar seu processo de leitura e com acompanhamento dos educadores para avaliar e medir os avanços dos estudantes. Neste mês de março, os professores participaram de uma capacitação para iniciar o projeto nas escolas, com as turmas do 1º ao 5º ano e turmas de 9º ano.

A coordenadora-geral da Secretaria Municipal de Educação, Nayane Sousa, explica como funciona o projeto Borboleta em Pio IX e agradece a iniciativa da prefeita Regina Coeli, por meio das idealizadoras do projeto, as pedagogas Ruthnéia Vieira e Osana Moraes, coordenadoras da Escola Municipal Casa Meio Norte, em Teresina.

"Se trata de uma parceria adquirida pela prefeita Regina Coeli com as idealizadoras do projeto Borboleta e estamos bastante otimistas. Agora teremos esse tipo de nomenclatura e metodologia com um acompanhamento sistematizado. Não importa de qual turma o aluno pertence, caso ele tenha dificuldade com a leitura, a partir dessa identificação feita pelo educador, ele será um aluno borboleta e se reunirá com os demais para aperfeiçoar seu aprendizado. Vamos sempre avaliar esse aluno e medir seus avanços", explica a coordenadora da Educação de Pio IX, Nayane Sousa.

A professora Ruthineia Vieira, uma das idealizadoras do Projeto Borboleta, esteve em Pio IX para acompanhar a capacitação dos professores da cidade. "É preciso que todas as ações pedagógicas estejam de forma sistematizadas e organizada dentro da perspectiva de como o aluno aprende. É um projeto que transforma o jeito de aprender e o jeito de ensinar do professor. O nosso binômio é o aluno 'ensinante' e o professor 'aprendente', diz a educadora.

Para a Isabele Bezerra, que é diretora da Escola Laurindo Paulo, localizada na Serra da Baraúna, em Pio IX, "é um projeto muito importante, que irá trazer melhorias para esse município, nossas escolas. Estamos bastante ansiosos com a metodologia de ensino", afirma.

Fonte: Ascom Pio IX

Próxima notícia

Dê sua opinião: