REPARO

Adutora rompe e deixa moradores de Matias Olímpio sem água na região Norte do Piauí

Segundo nota divulgada pela Agespisa, abastecimento será retomado ainda hoje no município


Obra na adutora

Obra na adutora Foto: Ascom

Os moradores de Matias Olímpio, município situado 155 quilômetros ao Norte de Teresina, estão sem o fornecimento de água nesta quinta-feira (21) devido mais um rompimento da adutora. A Agespisa emitiu comunicado informando que mantém uma equipe atuando no local e trabalhando para que o serviço seja restabelecido até 18h de hoje, entretanto, a regularização do abastecimento se dará de forma gradativa.

A concessionária também informou que a adutora de água tratada possui capacidade para 200mm, tendo sido implantada pela prefeitura da cidade e depois repassada para a Agespisa. Por conta do material de qualidade ruim e de ter sido construída em local de difícil acesso, a adutora vem causando diversos transtornos em sua operação e manutenção.

De acordo com o engenheiro José Maria Freitas, a Agespisa reconhece os sucessivos problemas e conta que ao longo do tempo foram instalados válvulas ventosas para extração de ar da tubulação, o que melhora a vazão e evita vazamentos frequentes. "Também  instalamos uma válvula de alívio de pressão para garantir que a pressão não ultrapasse os limites que a tubulação suporta", disse diretor de Operação da concessionária.

Ele explicou ainda que esses mecanismos deveriam ter sido previstos no projeto original de implantação da adutora. José Maria Freitas informa que a diretoria da empresa estudando alternativas para melhorar a eficiência, identificando os pontos de maior vulnerabilidade da adutora.

No início desta semana, o abastecimento também foi prejudicado por problemas de energia elétrica, que estava insuficiente para o funcionamento do sistema de captação de água bruta. O sistema foi novamente colocado em operação após a Equatorial Energia restabelecer totalmente a energia elétrica.

Próxima notícia

Dê sua opinião: