RECONHECIMENTO

Professor da UFPI entra para a lista dos cientistas mais influentes do mundo

Joel Rodrigues é professor doutor em Engenharia Elétrica da UFPI


Professor Joel Rodrigues

Professor Joel Rodrigues Foto: Arquivo pessoal

O professor da Universidade Federal do Piauí (Ufpi), Joel Rodrigues, foi reconhecido como um dos pesquisadores mais influentes do mundo. A lista foi produzida pelo site Web Of Science, da empresa Clarivate Analytics e destacou 21 profissionais brasileiros como os cientistas mais influentes. Joel Rodrigues é o único do Nordeste a entrar para a lista.

Ao todo, a lista incluiu 6,2 mil pesquisadores de 21 áreas demonstraram impacto positivo em seus campos ao longo dos últimos dez anos. "É com muita alegria que recebi a notícia que fui nomeado como um dos pesquisadores mais influentes do mundo como Highly Cited Researcher da Clarivate Analytics", postou Joel Rodrigues.

No Brasil, a USP é a instituição com o maior número de cientistas entre os mais influentes, com sete no total. O ranking é dominado por pesquisadores atuantes nos Estados Unidos, correspondendo a quase 40% do total, seguido por cientistas chineses.

O Professor Doutor Joel Rodrigues é docente do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFPI. No ano passado ele já havia conquistado o segundo lugar nacional no Ranking Universitário de Ciência da Computação e Elétrica/Eletrônica, publicado pelo site Guide2Research, um dos principais portais de pesquisa na área, que fornece dados confiáveis sobre contribuições científicas desde 2014.  

"Sou extremamente feliz por saber que nossos trabalhos científicos contribuíram para o avanço do conhecimento, com contribuições significativas para a ciência e com impacto na sociedade. Isso me deixa muito contente e profundamente agradecido às pessoas, colegas e estudantes, que ao longo desses anos têm trabalhado comigo em pesquisa, desenvolvimento e inovação. Um agradecimento especial aos amigos e à minha querida família por todo apoio durante a minha jornada como professor universitário e pesquisador.vGratidão por me permitirem viver o meu Ikigai: "transformar o mundo através da tecnologia e educação", concluiu o cientista da UFPI.

Próxima notícia

Dê sua opinião: