COLISÃO

Jumento teria causado acidente que matou duas pessoas e feriu 4 em Luís Correia

Entre as vítimas feridas um médico, um empresário, a esposa e sogra do funcionário público que morreu


Acidente deixa um morto e quatro feridos no litoral do Piauí

Acidente deixa um morto e quatro feridos no litoral do Piauí Foto: Redes Sociais

Atualizado às 10h

Morreu mais uma vítima da colisão frontal entre um HB20 e SW4 ocorrida na cidade de Luís Correia, no litoral do Piauí, na tarde dessa segunda-feira (13). A segunda vítima é Ilza de Oliveira Pereira, que não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de ontem no Hospital Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba. Ela era sogra do funcionário público José Giovanni Gomes Filho, que morreu no local do acidente.

Matéria original às 8h

Um funcionário público identificado como José Giovanni Gomes Filho, de 27 anos, morreu e outras quatro pessoas ficaram gravemente feridas em colisão frontal entre um HB20 e um SW4 ocorrida na tarde dessa segunda-feira (13), na PI-116, nas proximidades da entrada da praia do Arrombado, em Luís Correia, no litoral do Piauí. Entre as vítimas feridas estão um médico, um empresário, a esposa e sogra de José Geovane.

De acordo com a Polícia Militar de Luís Correia, que atendeu a ocorrência, um animal na pista causou o acidente. O tenente Olavo Sales, da Companhia Independente de Policiamento de Turismo (CIPTUR), disse o veículo HB20 seguia no sentido da Praia do Macapá quando tentou desviar de um jumento que estava na rodovia e acabou colidindo de frente contra o veículo SW4 que vinha no sentindo Luís Correia.SW4 envolvida no acidente

O SW4 era conduzido pelo empresário Ronald Santos, proprietário da Construtora Marruás, de Parnaíba, que ficou ferido. No HB20 estavam José Geovane, que morreu no local do acidente, a esposa dele identificada como Lina Carla de Oliveira Pereira; a sogra de Geovanni identificada como Nilza de Oliveira Pereira e o médico Renato de Oliveira Pereira, cunhado de Geovane.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez a retirada das vítimas que ficaram presas às ferragens. Os quatro que ficaram gravemente feridos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levados para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba. 

José Geovanni era professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA). A instituição divulgou nota de pesar pelo falecimento do funcionário público. 

Comerciante é assassinado a tiros no próprio estabelecimento em Itainópolis

Vídeo: criminosos criam nova modalidade de assalto em Teresina

Piauí registrou 18 acidentes e três mortes nas rodovias em cinco dias

Próxima notícia

Dê sua opinião: