Confira 5 dicas para escolher um cursinho para o Enem

É importante analisar itens como quanto pode investir, o melhor horário para você e a estrutura do preparatório


Dicas Enem

Dicas Enem Foto: © PixaBay

Enquanto alguns jovens gostam de estudar sozinhos para o Enem, outros preferem que professores os ajudem a tirar as dúvidas, a se prepararem melhor e, ainda, a terem mais foco. Neste caso, os cursinhos preparatórios são bem-vindos. 

1- Quanto pode gastar?

Em primeiro lugar, você precisa analisar quanto você (ou seus pais) podem reservar por mês para o cursinho para o Enem. Alguns preparatórios oferecem descontos na mensalidade ou bolsas de estudos para alunos que têm boas notas. Vale a pena pesquisar com atenção. Caso você não tenha condições financeiras para pagar a mensalidade, pode procurar cursinhos comunitários ou populares, que podem ser gratuitos ou cobrar apenas taxa de matrícula ou uma mensalidade com valor acessível.

2- Qual o melhor horário para estudar?

Pense agora no tempo que tem para se dedicar a um preparatório para Enem. Seria melhor de manhã ou à noite? Geralmente, os cursos oferecem aulas nesses dois períodos. Analise ainda em qual momento do dia é o melhor horário para estudar, em qual está menos cansado e, ainda, em qual sente menos sono para render mais.

Caso precise trabalhar, você pode optar por estudar à noite. As aulas costumam ser das 19h às 22h30. Veja ainda como conciliar o trabalho com os estudos. 

3- Cursinho presencial ou a distância?

Caso tenha em mente um cursinho presencial, é interessante estudar perto da sua casa, para evitar trânsito e outros contratempos. Porém, é importante avaliar se este é mesmo o melhor para você.

Caso prefira um curso online para o Enem, hoje já existem diversas opções. Porém, se lembre que há pontos positivos e negativos. Há vantagens como assistir às aulas onde e quantas vezes quiser, mas não há o contato físico com o professor, o que pode dificultar tirar as dúvidas. Pense o que é melhor para você.

4 – Qual a estrutura do cursinho?

Antes de escolher o cursinho para o Enem mais adequado para você, investigue também como é a estrutura de alguns preparatórios. Eles têm salas de aula espaçosas, arejadas e com carteiras confortáveis? 

Confira também se o curso oferece espaços para estudo, como biblioteca, computadores com acesso à internet, sala de recreação ou lanchonete para você descansar durante alguns minutos, entre outros espaços.

Mais um item importante para você avaliar na estrutura do curso são os simulados para o Enem. Se a prática leva à perfeição, é importante treinar, treinar e treinar. Pesquise, então, se o curso realiza simulados para você exercitar não só o seu conhecimento mas também o tempo que gastará na hora do Enem.

5 – Qual o índice de aprovação?

Por fim, outro tópico a ser analisado na escolha de um preparatório para o Enem é contabilizar quantos estudantes ingressaram pelo SiSU em universidades mais procuradas, como a Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), entre outras.

Outra dica é avaliar a quantidade de alunos que passaram para cursos mais concorridos, como, por exemplo, Medicina, Engenharias e Direito.

Fonte: Brasil Escola

Próxima notícia

Dê sua opinião: