Bolsonaro corta metade do Fundeb e professores terão salários reduzidos

Com o corte, a renda dos professores tem uma perda imediata de R$ 150,00 aproximadamente


Corte no FUNDEB

Corte no FUNDEB Foto: Apostagem

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FUNDEB) sofreu corte de 47% em todo o Brasil, o fundo é destinado à promoção de políticas públicas para a educação básica e secundária nos municípios e estados. Tem, também, o objetivo de repasse de acréscimo no salário dos professores que, em média, chega a R$ 350,00 na renda dos docentes.

Com o corte, a renda dos professores tem uma perda imediata de R$ 150,00 aproximadamente. Para uma renda que está, na média nacional, em torno de R$ 1.400,00, o impacto é significativo, para uma depreciação de mais de 10%, do dia para a noite.

O FUNDEB, em muito municípios, além de servir como acréscimo de renda na folha salarial, serve como custeio da educação, incluindo o pagamento dos salários de professores o ensino público. Certamente, o país verá uma epidemia de atrasos salariais na educação.

Fonte: Apostagem

Próxima notícia

Dê sua opinião: