LUTO

Músico da Orquestra Sinfônica de Teresina morre vítima da Covid-19

Com isso, sobe para 503 o número de mortos em decorrência da doença no Piauí


Caio Michel Cardoso da Silva, violoncelista da OST

Caio Michel Cardoso da Silva, violoncelista da OST Foto: Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (22) o músico Caio Michel Cardoso da Silva, de 30 anos, não resistiu à Covid-19 e veio a óbito. Com isso, sobe para 503 o número de mortos em decorrência da doença no Piauí.

Em nota, o Palácio da Música, destacou que o violoncelista foi um dos mais jovem a ingressar na Orquestra Sinfônica de Teresina (OST), e mesmo tão jovem alcançou o posto de chefe de naipe. Ele estava internado a cerca de duas semanas na capital.

NOTA

É com bastante pesar que recebemos a notícia do falecimento de Caio Michel Cardoso da Silva, violoncelista da Orquestra Sinfônica de Teresina.

Caio foi um de nossos companheiros a ingressar mais jovem na equipe, pois seu talento já era destaque desde cedo. Chegou a ser chefe de naipe mesmo sendo um dos mais novos de todos nossos violoncelistas. E mais que nosso talento, era nosso amigo, que jamais será esquecido, pois deixou sua marca em nossos corações e em nossa memória musical. Que Deus conforte sua família, que Deus conforte a todos nós.

Caio faleceu aos 30 anos de idade, na manhã desta segunda-feira, dia 22 de junho, em Teresina-PI, vítima de covid-19.

Palácio da Música

OST

No perfil no Facebook da Orquestra Sinfônica de Teresina, uma nota informa que todos os músicos estão em isolamento desde março, quando teve início a pandemia do novo coronavírus no Brasil, apenas com ensaios virtuais.

Músicos homenageiam violoncelista 

" Seu talento e sua competência sempre serão lembrados por aqui", publicou o guitarrista Jean Medeiros.


Próxima notícia

Dê sua opinião: