ABANDONO

Servidores abandonam trabalho na UBS da Cacimba Velha e deixam população sem atendimento

Um vídeo gravado por moradores mostra o abandono do posto de trabalho na UBS do povoado Cacimba Velha


UBS da Cacimba Velha está abandonada

UBS da Cacimba Velha está abandonada Foto: Print do vídeo

As Unidades Básicas de Saúde (UBS,s), que seriam as principais portas de entrada para a população ser atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS), não estão cumprindo esse papel em Teresina e a fiscalização da Fundação Municipal de Saúde - FMS, parece não existir. A FMS é a responsável pelo SUS na capital. As queixas de abandono dessas unidades de saúde e mau atendimentos fazem parte da rotina das pessoas que dependem delas.

Nas UBS, em tese, os pacientes teriam bom atendimento clínico, odontológico, validação de exames, recebimento de medicações, entre outro serviços. Mas isso não ocorre na maioria dessas unidades, principalmente as instaladas na Zona Rural da cidade de Teresina.

No povoado Cacimba Velha, na Zona Rural Leste de Teresina, a situação da UBS é praticamente de abandono em alguns dias da semana, conforme denunciam moradores daquela região.

As pessoas que precisam dos serviços da UBS Dr. Lineu da Costa Araújo, na Cacimba Velha, estão voltando para casa sem receberem atendimento. Isso porque mesmo com os cargos preenchidos, nem sempre os servidores comparecem ao local de trabalho

Um vídeo gravado por uma moradora da Cacimba Velha mostra o local totalmente vazio em pleno horário de expediente. Os balcões estão vazios por falta de atendentes. Também não havia médico, enfermeiros, técnicos em enfermagem e dentista. Além disso, as prateleiras da farmácia estão vazias, sem os medicamentos essenciais para a população.

A dona de casa Maria Cecília procurou a UBS em busca de atendimento para sua filha bebê e saiu de lá indignada. Ela resolveu filmar a situação.


"Não tem médico, não tem dentista, não tem balconista. Aqui eles vêm quando querem. É uma situação de abandono e o Ministério Público precisa intervir urgente", disse um morador que não quis ser identificado. 

WhatsApp Audio 2022-07-15 at 12.52.37.ogg

A UBS da Cacimba Velha foi inaugurada pela Prefeitura de Teresina em 2012. Na época, foram investidos  R$ 314.000 na obra. O prédio conta com consultório médico, consultório de enfermagem, consultório odontológico, sala de vacina, sala de esterilização, sala para realização de procedimentos, sala de observação, sala administrativa, farmácia, copa/cozinha, dois banheiros adaptados para deficientes físicos e um auditório. 

De acordo com o site da FMS, deveria haver duas Equipes de Saúde da Família no local, que teriam que se revezar nos turnos da manhã e da tarde. Cada equipe conta com um médico, um enfermeiro, um dentista, sete agentes comunitários de saúde, um auxiliar de saúde bucal e um auxiliar de enfermagem. "Mas isso é só no papel. Tem gente que só vem ao no dia que bem quer", diz um comerciante vizinho da UBS da Cacimba Velha.

As pessoas também se queixam do tratamento dispensado por médicos e dentistas naquela UBS. "Lá os médicos nem olham pra gente. A gente diz o que está sentindo, mas eles só olham pro celular e para o computador. Tudo pra eles é virose. Passam o mesmo remédio pra todo mundo. É uma dificuldade grande pra se fazer um exame. Uma dentista que vai lá parece que está é treinando na boca da gente", diz Elizabeth Cabral, uma moradora da Cacimba Velha.

O outro lado

A reportagem do PiauíHoje.Com pediu a versão da FMS para essa situação, que informou que a denúncia foi encaminhada para a Regional Leste para apurar e tomar as providências.

Moradores reclamam de má condição de estrada na Cacimba Velha e cobram Prefeitura

Equatorial moderniza rede elétrica para acabar a falta de energia na Cacimba Velha

Rua Nova da Cacimba Velha está intrafegável; moradores pedem ação da Prefeitura

Próxima notícia

Dê sua opinião: