VACINA

Vacina contra dengue pode ser incorporada ao SUS ainda este ano

Ministério da Saúde abriu consulta pública nessa quinta-feira (7)


Mosquito da Dengue

Mosquito da Dengue Foto: Tua Saúde

A Conitec (Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no Sistema Único de Saúde) deve decidir ainda este ano sobre a incorporação da vacina contra a dengue ao SUS (Sistema Único de Saúde). Nessa quinta-feira (7), o Ministério da Saúde abriu consulta pública sobre a proposta de incorporação sobre o tema.

Considerando o cenário epidemiológico e a necessidade de incluir mais uma alternativa para enfrentamento à doença, a Conitec recomendou inicialmente a incorporação do imunizante Qdenga para localidades e públicos prioritários que serão definidos pelo Programa Nacional de Imunizações, considerando as regiões de maior incidência e transmissão e nas faixas etárias de maior risco de agravamento da doença. 

Todas as recomendações feitas pela Conitec são submetidas à consulta pública por um período de 20 dias. Depois desse período, as contribuições e sugestões serão organizadas e avaliadas pela Comissão, que emitirá uma recomendação final.  

A vacina deve ser administrada em um esquema de duas doses, com intervalo de 3 meses. 

De acordo com a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o processo de incorporação da vacina contra a dengue está seguindo todos os critérios necessários. 

“A avaliação inicial favorável da Conitec, condicionada a uma adequada negociação de preços para a vacina ser usada na estratégia do PNI, nos dá certeza de que poderemos contribuir de modo ainda mais abrangente para o combate à dengue. Este processo de incorporação poderá se constituir em uma alternativa importante para auxiliar no enfrentamento da doença, alinhada às demais estratégias já implementadas atualmente”, destaca.

Fonte: Com informações do Ministério da Saúde

Siga nas redes sociais
Mais conteúdo sobre:
Próxima notícia

Dê sua opinião: