ELEIÇÕES 2020

Ministério Público pede Impugnação da candidatura de Prefeito Deusdete Lopes

O Ministério Público defende a inelegibilidade do candidato


Deusdete Lopes

Deusdete Lopes Foto: Divulgação

O Ministério Público do Estado do Piauí, através do promotor Ari Martins Alves Filho, respondendo pela promotoria de Barro Duro/PI, ingressou com ação de impugnação da candidatura do atual prefeito Deusdete Lopes (Progressista).

O processo ocorre devido à irregulares administrativas, assim como condenação por ato de improbidade administrativa junto à Justiça Federal. Além disso, Deusdete Lopes responde a diversas ações administrativa semelhantes perante a Justiça Estadual e com contas julgadas irregulares pelo TCU (Tribunal de Contas da União) e também pelo TCE/PI (Tribunal de Contas do Estado do Piauí).

O Ministério Público defende a inelegibilidade do candidato. "A causa da irregularidade em questão foi a omissão no dever de prestar contas, fato, inclusive, passível de improbidade administrativa", diz o Ministério Público.

Diante dos fatos citados em documento apresentando, o Ministério Público acredita que a Lei da Ficha-Limpa busca afastar estes perfis de gestor da vida pública.

Veja o processo Assinado_0600408-06.2020_Impugnacao_Contas_Irregulares_Deusdete (1).pdf

Próxima notícia

Dê sua opinião: