ENTREVISTAS

Globo confirma presença de Bolsonaro no JN após dizer que ele não iria; veja programação

Antes, emissora havia dito que o mandatário havia exigido que ele fosse entrevistado a partir do Palácio da Alvorada


Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro Foto: Foto: Reprodução

Uol - A TV Globo informou hoje que o presidente Jair Bolsonaro (PL) participará de uma série de entrevistas do Jornal Nacional com candidatos à Presidência da República. Antes, emissora havia dito que o mandatário havia exigido que ele fosse entrevistado a partir do Palácio da Alvorada, o que iria contra regras da emissora sobre a sabatina com os presidenciáveis. 

"Na manhã desta sexta-feira (5), porém, a assessoria explicou que o e-mail tinha apenas o objetivo de manifestar uma preferência, mas que o candidato não se recusava a ir ao Rio de Janeiro para a entrevista. Sendo assim, a Globo confirma a entrevista de Jair Bolsonaro em 22 de agosto, no Rio de Janeiro", afirmou a empresa em nota.

Com a confirmação, segundo a TV Globo, a ordem das entrevistas na programação do JN será a seguinte:

  • 22/8: Jair Bolsonaro (PL) 
  • 24/8: Ciro Gomes (PDT) 
  • 25/8: Luiz Inácio Lula da Silva (PT) 
  • 26/8: Simone Tebet (MDB)

A ordem das entrevistas com os presidenciáveis foi sorteada na última segunda-feira. As entrevistas devem ter duração de 40 minutos, e serão conduzidas pelos jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos. Procurado pelo UOL para confirmar a agenda do presidenciável, o Palácio do Planalto não se manifestou. 

Confusão começou após tweet de Flávio Bolsonaro A manifestação da Globo de que Bolsonaro não iria ser entrevistado no Jornal Nacional ocorreu depois de o filho do presidente, senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), ter afirmado que o pai participaria da programação em 22 de agosto.

O ex-ministro Fábio Wajngarten, um dos integrantes da campanha de Bolsonaro, argumentou que Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) foram entrevistados do Alvorada quando disputavam a reeleição. 

"É absolutamente justo e natural que o presidente em exercício, caso opte por participar das sabatinas televisivas, que elas ocorram onde ele desejar. A tradição dos veículos demonstra exatamente isso", publicou no Twitter. A Globo afirmou que logo depois das eleições de 2014 definiu que todas as entrevistas em anos eleitorais seriam feitas em seus estúdios.

Fonte: Uol

Próxima notícia

Dê sua opinião: