Suspeitos de matar PM e filho em SP são presos no Piauí

Os suspeitos fugiram para Canto do Buriti após o crime


Anderson e Matheus

Anderson e Matheus Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), prendeu na noite dessa quinta-feira (31), no município de Canto do Buriti, dois suspeitos de envolvimento na morte de um policial militar e de seu filho em São Paulo. Anderson Barbosa de Souza Alves e Matheus da Silva de Andrade são acusados do duplo latrocínio consumado.

O policial militar aposentado Rubens de Souza Paulo, 67 anos, e o filho Ricardo de Araújo Paulo, de 33 anos, foram mortos em assalto em outubro do ano passado na região Leste de São Paulo. A sogra de Ricardo também foi baleada, mas sobreviveu.

Anderson e Matheus foram presos durante uma abordagem do Greco. Na ocasião a polícia encontrou drogas e um terceiro homem identificado como Paulo Gil Sousa Vieira da Silva foi preso por tráfico de drogas. 

Droga apreendida pelo Greco(Droga apreendida com os três presos/Foto: GRECO)

"O Greco recebeu a informação que esses dois foragidos de São Paulo estavam no Piauí. Havia mandados de prisão em aberto contra eles e após levantamentos, foi dado cumprimento e também descobrimos que eles são envolvidos com tráfico de drogas”, disse delegado Tales Gomes, coordenador do Greco. 

O latrocínio

O filho do policial aposentado era taxista. Pai, filho e nora chegavam na casa de parentes no táxi da família quando foram abordados por quatro assaltantes. O policial estava com a arma e houve troca de tiros.

O policial, o filho e a sogra dele, que também estavam no local foram baleados. Os criminosos fugiram no táxi, que depois foi encontrado incendiado numa avenida da região.

Cena do crime
(Bandidos abordando o táxi da família/Foto: Reprodução-TV Globo)

Fonte: Polícia Civil

Próxima notícia

Dê sua opinião: