CRIME

Sargento da PM é morto a tiros na zona Sul de Teresina; é o 3° caso em apenas 15 dias

PM chegou a trocar tiros com assaltantes, mas foi alvejado fatalmente com um tiro na cabeça


Sargento é o terceiro policial morto por bandidos em menos de um mês em Teresina

Sargento é o terceiro policial morto por bandidos em menos de um mês em Teresina Foto: Yago Araújo

Um policial militar do Piauí, identificado como Marcos Roberto, foi baleado no início da noite desta terça-feira (04) em uma tentativa de assalto no bairro Porto Alegre, zona Sul de Teresina. 

Marcos faria uma entrega na quadra A1, por trás da Farmácia Ferreira, quando foi surpreendido por dois suspeitos em uma motocicleta Pop 100. O PM se antecipou e reagiu atirando primeiro contra a dupla, mas acabou sendo baleado na cabeça e veio a óbito.

Policiais Militares que atenderam a ocorrência informam que os bandidos tentaram tomar a arma da vítima, porém não conseguiram. A moto de Marcos também não foi levada.

Marcos era sargento da PM e estava lotado atualmente na Penitenciária Professor José Ribamar Leite, antiga Casa de Custódia, situada na zona Sul da capital.

A cena do crime foi isolada para o trabalho dos peritos da Polícia Civil. O corpo será encaminha ao Instituto de Medicina Legal (IML). O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.

Sargento Marcos Roberto

Casos anteriores

No último dia 22 de julho o soldado Lídio Roberto de Sousa Mesquita, de 37 anos, lotado no 13º Batalhão de Polícia Militar, foi assassinado com um tiro na cabeça por volta das 14h. O crime aconteceu na Rua Augusto, Vila São Francisco, zona Norte de Teresina.

Imagens de câmeras de segurança do local registraram o momento do crime. Os dois suspeitos caminham pela rua. Passam duas motos e um táxi por eles. Na terceira os bandidos a interceptam e derrubam o motoqueiro que era o policial Lídio. Ao perceberem que o PM estava armado, um disparo é efetuado contra a nuca do soldado que teve morte imediata. Em seguida, os bandidos fogem levando a motocicleta do PM.

Na noite de 24 de julho, o capitão Adonias, que veio a óbito nesta terça-feira,chegava à sua residência. Ele estacionou a motocicleta e foi cumprimentar vizinhos que estavam na porta de casa. Em seguida aparecem três suspeitos. Eles se aproximaram do PM, que correu, mas foi baleado e caiu no meio da rua. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital de Urgência de Teresina, passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu após 11 dias internado.

Notícias relacionadas

Capitão da PM é baleado e tem moto roubada em Teresina; segundo caso em 2 dias

Policial Militar do 13º BPM é assassinado com tiro na cabeça na zona Norte de Teresina

Vídeo flagra momento que bandidos roubam moto e matam policial na zona Norte de Teresina

Próxima notícia

Dê sua opinião: