FEMINICÍDIO

Assassino da enfermeira Vanessa Carvalho pede liberdade ao STF

O empresário Pablo Santos está sendo acusado de feminicídio e tentativa de feminicídio


Pablo Henrique e as vítimas

Pablo Henrique e as vítimas Foto: Montagem Piauí Hoje

Depois de ter vários pedidos de soltura negados pelo Tribunal de Justiça do Piauí, a defesa do empresário Pablo Henrique recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que ele seja posto em liberdade. O empresário é acusado de feminicídio contra a enfermeira Vanessa Carvalho e tentativa de homicídio contra a namorada na época, Anuxa Kelly. Ambas foram violentamente atropeladas na saída de uma festa de casamento em setembro do ano passado.

A defesa alega que Pablo Henrique tem diabetes e em razão da pandemia de Covid-19, ele não deve permanecer no sistema prisional por fazer parte do grupo de risco, enfatizando que a  1ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Piauí negou habeas corpus há mais de um mês, sem ter tido a disponibilização do acórdão que denegou a ordem.

O pedido de habeas corpus ao STJ se baseia na recomendação n° 62, de 17 de março de 2020, do Conselho Nacional de Justiça para que magistrados adotem medidas preventivas a propagação da infecção do novo coronavírus (covid-19).

A defesa do empresário quer que o STJ conceda a sua liberdade ou a aplicação de medidas cautelares como monitoramento por tornozeleira eletrônica. O pedido será analisado pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio Noronha. O empresário está preso desde o dia 29 de setembro de 2019.

Família reage

A família de Vanessa Carvalho foi surpreendida com o pedido de liberdade do assassino da enfermeira no STF. Apesar da insistência em ser solto, a família está confiante de que Pablo Henrique será julgado e condenado pelo Tribunal do Júri. 

Vanessa Carvalho e o irmão Edison Neto

"Mais uma vez o assassino, o criminoso, o monstro do Paulo Henrique entrou com pedido de habeas corpus. Dessa vez foi ao Supremo Tribunal de Justiça.  E é sempre assim, eles tentam se aproveitar de toda oportunidade para colocar esse criminoso na rua. Ele já tem vários crimes e a gente espera com esperança que a Justiça cumpra seu papel, pois todos os dias tem casos de feminicídio... a gente acredita que ele será condenado, que vai pegar a pena máxima e apodrecer na cadeia, porque ele é um criminoso. Pablo Henrique, assassino!", disse Edison Carvalho Neto.

Próxima notícia

Dê sua opinião: