IRREGULARIDADES

Desembargador do TJPI suspende "concurso familiar" da prefeitura de São Lourenço do Piauí

O desembargador recebeu o recurso do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) com efeito suspensivo


Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI)

Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI) Foto: Reprodução/Google Street View

O concurso público do município de São Lourenço do Piauí, lançado pelo Edital nº 01/2011, onde a prefeita Michele Oliveira homologou o certame com 27 vagas preenchidas por parentes diretos ligados à sua família, foi novamente suspenso por decisão monocrática do desembargador Luiz Gonzaga Brandão de Carvalho, do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí.

O desembargador recebeu o recurso do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI) com efeito suspensivo, contra sentença de 1° grau que julgou improcedente as denúncias de irregularidades do referido concurso.

Entenda o caso

A prefeita do município de São Lourenço do Piauí, Michele Oliveira, deu prosseguimento a um concurso público que foi realizado na gestão de seu pai, o ex-prefeito Manoel Ildemar (Mazim), nos anos de 2011/2012, e homologou o certame conforme mostra publicação do Diário Municipal abaixo. 

O curioso é o fato que, na época, tal concurso, realizado pela Fundação Delta do Parnaíba - Fundelta, repercutiu em vários veículos de comunicação, devido a enorme quantidade de pessoas da família do prefeito aprovadas no certame. Inclusive a própria prefeita Michele Oliveira estampa seu nome na lista.

Outro lado

Tentamos falar com a assessoria da prefeitura de São Lourenço do Piauí, mas não tivermos o contato.

Fonte: Portal SRN

Próxima notícia

Dê sua opinião: