INCÊNDIO

Fogo atinge instituto na Índia que fabrica vacina de Oxford; produção não foi afetada

Incêndio consome unidade de vacinas para o rotavírus. Serum é o maior produtor de imunizantes do mundo.


Incêndio em prédios do Instituto Serum, na cidade de Pune, na Índia, em 21 de janeiro de 2021

Incêndio em prédios do Instituto Serum, na cidade de Pune, na Índia, em 21 de janeiro de 2021 Foto: Foto: AFP

Um incêndio atingiu um edifício do Instituto Serum, a empresa da Índia que produz vacinas com tecnologia da AstraZeneca e da Universidade de Oxford, nesta quinta-feira (21), na cidade de Pune.

O estoque de vacinas e a indústria onde elas são feitas estão seguras, segundo o jornal "Times of India". Atualmente, o Instituto Serum produz cerca de 50 milhões de doses da vacina por mês em outras unidades do complexo.


Indianos observam incêndio no Instituto Serum, em Pune, em 21 de janeiro de 2021 — Foto: AFP


A empresa também vai começar a produzir as vacinas desenvolvidas pela empresa norte-americana Novavax.


>> Idosa que aprendeu a ler e escrever aos 63 anos vence concurso literário e dá exemplo

>> Biden anuncia retorno dos EUA à OMS e que medidas de Trump que serão anuladas


Segundo o diretor-executivo da empresa, Adar Poonawalla, a unidade que pegou fogo produz vacinas para o rotavírus. Ele estima que a perda nessa linha de produção será de até 40% do volume de doses.

Em uma rede social, Poonawalla, o diretor-executivo, agradeceu a todos pela preocupação e pelas orações.

“Até agora, o mais importante é que não houve vidas perdidas e nem grandes lesões por causa do fogo, apesar de alguns andares terem sido destruídos”, afirmou

Os bombeiros afirmaram que ao menos cinco caminhões foram enviados para combater o fogo no prédio e que o fogo foi controlado.

Ainda não se sabe o que causou o incêndio.

Fonte: G1

Próxima notícia

Dê sua opinião: