PANDEMIA

Médicos vão tirar dúvidas de piauienses com suspeitas de Covid 19 pelo celular

Novas ações da Sesapi no combate ao Coronavírus foram anunciadas nesta segunda-feira (06) pelo secretário Florentino Neto


Secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto

Secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto Foto: Montagem Piauihoje.com

Após reunião na manhã desta segunda-feira (06), o  secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, anunciou diversas resoluções da pasta, entre as quais a adesão do Piauí a um sistema do Consórcio Nordeste que possibilita interação entre médicos e pessoas com sintomas semelhantes aos do Coronavírus. O gestor também informou que um hotel da capital destinou 100 apartamentos para acolher profissionais da Saúde que desejam não retornar para casa após os trabalhos e disse que o Laboratório Central do Piauí (LACEN) passa a funcionar ininterruptamente a partir de hoje.

"Uma questão importante foi a adesão do Piauí a um sistema que é um aplicativo que permite que qualquer cidadão possa prestar informações do seu estado de saúde e o aplicativo gera oportunidade de dialogar com um médico aqui de Teresina ou nas regionais. Cerca de 40 médicos estão devidamente habilitados pela Secretaria Estadual de Saúde para que, de suas residências, atendam remotamente os pacientes , prestando informações, digam se é necessário ou não que a pessoa procure uma Unidade Básica de Saúde ou um hospital, quais os cuidados preventivos que deve adotar, isso aproximando mais o conhecimento técnico do médico das dúvidas do cidadão", disse.

Florentino Neto também assegurou que um hotel cedeu apartamentos para a Secretaria de Estado da Saúde.

"Teremos a destinação gratuita de cem apartamentos em um hotel aqui de Teresina para que agente possa ali hospedar os nossos profissionais de saúde. Nós sabemos que alguns dos profissionais não pretendem voltar todo dia para casa, dessa forma a gente dá maior comodidade para médicos, enfermeiras, nutricionistas, para a equipe multidisciplinar que está nesse enfrentamento à Covid 19 em nossos hospitais. Temos que protegê-los com Equipamentos de Proteção Individuais, com hospedagem, com condições que efetivamente são necessárias, pois são nossos guerreiros e devemos preserva-los", anunciou.


O gestor informou que o Lacen passa a funcionar 24 horas em turnos ininterruptos a partir de hoje com o objetivo de ampliar o diagnóstico do novo vírus no Estado.

"Estamos expandindo o horário de funcionamento do Lacen, nós sabemos que o Ministério da Saúde vinha enviando uma quantidade de exames [do Coronavírus] que era insuficiente para nossa quantidade de amostras, mas com a quantidade que recebemos hoje já nos permite, com grande esforço da equipe do Lacen, poder ampliar o horário de funcionamento e assim dar uma resposta mais rápida à população", finalizou.



Próxima notícia

Dê sua opinião: