CORONAVÍRUS

Dentistas piauienses criam viseiras para proteção de profissionais de saúde; veja o vídeo

A iniciativa é de duas piauienses que decidiram ajudar as autoridades e profissionais de saúde no combate ao Covid-19


As viseiras são simples e bem feitas

As viseiras são simples e bem feitas Foto: Arquivo pessoal

Duas odontólogas piauienses encontram uma fórmula simples e genial de ajudar os profissional de saúde, sobretudo os dentistas, a se protegerem contra o coronavírus durante o atendimento a seus pacientes nesse momento se pandemia.

Geórgia Wain Thi Lau, mestra em ortodontia, e Marcela Cavalcante Reinaldo Porto, especialista na mesma área, estão fabricando e ensinando a fabricar, de forma artesanal, máscaras-viseiras (MV) de acetato ou de folhas de transparência usadas retroprojetor presas a tiaras com grampos de escritório.

De acordo com Marcela Reinaldo, dentista da Prefeitura de Teresina, a ideia e a criação inicial foi da sua colega Geórgia Lau. Mas, agora, as duas estão juntas nesse trabalho. "A Dra Geórgia começou antes. Eu entrei agora na sexta-feira [20.03 ]", diz a odontóloga.

Muitas viseiras prontas para entrega

O material usado para confecção da viseira é simples: folha de acetato (ou folha transparente para retroprojetor), tiara e grampos. "É muito fácil de fazer. E o melhor material pra fazer as viseiras é mesmo o acetato. Eu e outra dentista adaptamos para transparência", diz Marcela.

O trabalho é recente, mas elas já precisam da doações dos materiais para aumentar a produção. As máscaras serão distribuídas gratuitamente em hospitais e postos de saúde. "Espero que mais pessoas se envolvam nesses trabalhos para que essa pandemia acabe o mais rápido possível", finalizou Marcela Reinaldo.

CONFIRA OS VÍDEOS E VEJA COMO SÃO FEITAS AS VISEIRAS

ARRECADAÇÃO

Empolgada com o resultado da ação, a dentista Marcela Reinaldo iniciou uma campanha, no finalzinho da semana, para arrecadar materiais para a fabricação das MV's.

O contato para entrega do material é direto como Marcela no telefone que ela disponibilizou em grupos de whatsapp de amigos (86) 98130-2050.

EM TEMPO

O Portal Piauí Hoje.Com (www.piauihohe.com) apoia essa iniciativa.

Próxima notícia

Dê sua opinião: