SAUDE

A importância do reaproveitamento alimentar: todas as partes importam

Reduzir o desperdício e saber aproveitar cada parte dos alimentos é fundamental para uma vida mais saudável


Reaproveitamento Alimentar

Reaproveitamento Alimentar Foto: Divulgação

Uma alimentação equilibrada, rica em vitaminas e nutrientes, pode ser a chave para uma vida mais saudável. Consumir diariamente alimentos como legumes, frutas e verduras é um dos melhores caminhos para fornecer ao organismo todos os nutrientes necessários para a sobrevivência. Além disso, manter uma alimentação rica em vitaminas e minerais também é uma forma de obter diversos benefícios para a saúde, como o aumento da imunidade, o fortalecimento do sistema imunológico e o controle do peso, entre outros. E para seguir esse estilo de vida o segredo pode estar no reaproveitamento alimentar.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), estima-se que anualmente 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são desperdiçadas em todo o mundo - cerca de 30% da produção total. No Brasil esse número representa 41 mil toneladas de alimentos, que acabam na lata do lixo, o que coloca o país no ranking dos 10 principais em desperdício alimentar. De acordo com uma pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o desperdício alimentar de uma família composta por três pessoas, no período de um ano, pode ultrapassar o valor mil reais -  sendo superior ao salário mínimo distribuído no país. Mas o problema não para por aí. O desperdício de alimentos é algo que atualmente causa impacto negativo direto no meio ambiente, na economia e, principalmente, na população mundial, da qual 12,5% encontra-se em situação de subnutrição (aproximadamente 879 milhões de pessoas).

Causas do desperdício

Em todo o mundo o desperdício de alimentos acontece por diversos motivos, mas o principal deles é a desinformação. Muitas pessoas não sabem que ao descartar a casca, o talo ou até a raiz de um alimento, junto com essas partes estão descartando vitaminas e nutrientes para sua saúde. Além disso, há quem deixe de consumir determinado alimento apenas por questões estéticas se recusando a comprar uma fruta ou legume “machucado” ou manchado, mesmo que esses estejam aptos ao consumo. Há também os que compram excessivamente, mas não têm tempo para consumir os alimentos fazendo com que os mesmos estraguem. Para combater o problema e evitar o desperdício de alimentos é preciso ter consciência sobre a questão e saber reaproveitar todos os alimentos.

Nutrientes escondidos

Muitas vezes partes importantes de legumes e frutas, como cascas, talos, sementes e até raízes são descartadas, pois a maioria das pessoas não sabem que são essas partes que abrigam diversos nutrientes e vitaminas fundamentais para o bom funcionamento do organismo. Confira alguns alimentos que escondem nutrientes importantes para a saúde:

Casca de banana: além de servir para proteger a polpa da fruta, a casca da banana é rica em vitaminas A, complexo B, vitamina C, potássio e fósforo. De acordo com uma pesquisa da Bioscience, Biotechnology and Biochemistry, revista da Sociedade Japonesa de Biociência, Biotecnologia e Agroquímica, o extrato da casca de banana também é benéfico para o tratamento do câncer de próstata, ajudando a glândula da próstata. A casca de banana pode ser reaproveitada na produção de doces como geleias, bolos, biscoitos, entre outros.

Casca de abóbora: a casca de abóbora é um alimento rico em carotenóides, fibras e vitamina C. Seu consumo pode auxiliar na prevenção de doenças cardíacas e câncer. Estudos de sul-coreanos, divulgados no Journal of Agricultural and Food Chemistry dos Estados Unidos, ainda revelaram que a casca de abóbora possui uma importante proteína chamada Pr-2, de efeito antifúngico. Essa proteína combate assaduras, infecções vaginais, entre outros problemas de saúde. A casca de abóbora pode ser reaproveitada junto ao arroz, servida como canapé ou ainda em saladas. Antes de consumir é preciso ferver o alimento. Há ainda quem consuma a semente de abóbora como um saboroso aperitivo.

Talo de brócolis: o talo de brócolis é uma importante fonte de vitaminas A e C, potássio e também de isotiocianatos (fitoquímicos que podem desempenhar um papel importante no combate ao câncer). O alimento pode ser consumido em saladas, cremes, purês, tortas e até mesmo no recheio de pizzas.

Folha de beterraba: as folhas de beterraba são 17 vezes mais ricas em vitamina C do que uma laranja. Além disso, também são fontes de potássio e de fibras. Seu consumo ajuda a aumentar as defesas do organismo, combatendo infecções. As folhas podem ser consumidas em saladas ou recheadas por outros alimentos no formato de charuto.

Rama de cenoura: a rama de cenoura é um alimento rico em carotenóides, cálcio, ferro e vitamina C. Seu consumo é benéfico principalmente para os ossos. A rama de cenoura pode ser reaproveitada em saladas, molhos, massas entre outros.

Evitando o desperdício

Agora que você já sabe quais vitaminas e nutrientes estão presentes em diversos alimentos, que tal reaproveitá-los e assim evitar o desperdício? Uma boa dica para não descartar cascas e talos é no preparo de sopas e tortas. Essas partes dos alimentos podem servir como recheio. Sementes, cascas e talos também podem ajudar a compor uma saborosa salada.  E se sobrar, aproveite para abastecer o estoque de marmitas congelando o alimento para comer mais tarde. Em casos em que houver uma fruta ou verdura com aparência “machucada”, retire a parte ferida com uma faca e consuma o restante. Além do consumo, os alimentos também podem ser reutilizados paraa compostagem de plantas.

Fonte: Piaui Hoje

Próxima notícia

Dê sua opinião: