AUMENTO

Botijão de gás chega a R$ 115 no Piauí; maior preço do Nordeste

Em todo país, o botijão de gás mais barato está em Sergipe e custa R$ 95


Botijão de gás/Imagem ilustrativa

Botijão de gás/Imagem ilustrativa Foto: Alinny Maria/Piauí Hoje

O Piauí é o estado do Nordeste que tem o gás de cozinha custa mais caro. Segundo levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o botijão de gás de cozinha de 13 kg está custando R$ 115,00 no estado.

Em seguida estão os estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Ceará e Paraíba, que comercializam o botijão de gás a R$ 110,00.

No Piauí, o gás estava sendo comercializado a R$ 105 e saltou para R$ 115. De acordo com a pesquisa da ANP, o menor valor encontrado no estado foi de R$ 95,00 e o preço médico é de R$ 101,60.O gás de cozinha teve um aumento de quase 30% desde o início do ano. A alta é mais de 5 vezes a inflação acumulada no período, de 5,67%.

 De todos os estados da federação, o maior preço foi registrado em Mato Grosso, onde o valor chegou a R$ 135,00. Já o menor preço está em Sergipe, R$ 95,00. O preço médio no país também subiu, passando de R$ 93,61 para R$ 96,89, um aumento de 3,5%, em relação à semana de 29 de agosto a 4 de setembro.

Preço do gás no Nordeste

Ceará - 110,00
Rio Grande do Norte - 110,00
Sergipe - 95,00
Bahia - 110,00
Pernambuco - 105,00
Alagoas - 96,00
Paraíba - 110,00
Piauí - 115,00
Maranhão - 95,00

Inflação acumulada em 12 meses passa de 10% em oito capitais

Gasolina chega a R$ 6,999 em Teresina; veja os postos com os maiores e menores preços

Próxima notícia

Dê sua opinião: