FESTIVAL

Show com o cantor Paulo Ricardo fecha 16ª edição do Festival de Inverno de Pedro

A banda Radiofônicos foi quem deu as boas-vindas ao público na noite desse domingo (23)


Festival de Inverno

Festival de Inverno Foto: Ascom

Uma noite memorável. A 16ª edição do Festival de Inverno de Pedro II foi encerrada com o romantismo do cantor Paulo Ricardo, que embalou uma plateia de todas as idades. A última noite do Festival surpreendeu e, ao contrário de edições anteriores, mais de 10 mil pessoas lotaram a Praça Manoel Nogueira Lima, a Praça da Bonelle, o maior público já registrado aos domingos, na história do Festival de Inverno.

A banda Radiofônicos foi quem deu as boas-vindas ao público na noite desse domingo (23). Formada em 2004, a banda já é conhecida no cenário musical de Teresina.  Entre as influências musicais que fizeram parte do repertório levado para o Festival de Inverno, canções das décadas de 60 e 70, com canções dos Beatles, Kinks, Who, Mutantes e da Jovem Guarda brasileira.

O cantor Paulo Ricardo se apresentou em seguida com o show "Sex on the beach". No repertório, uma mistura dos sucessos de sua carreira, como Alvorada Voraz, Loiras Geladas e Olhar 43. Cazuza e Renato Russo também foram homenageados durante a apresentação. Do rock internacional, Paulo Ricardo cantou músicas de Elvis Presley e de John Lennon.

Durante o dia, os visitantes aproveitaram para visitar a feira de artesanato, na Praça Domingos Mourão Filho. Os estandes com as joias de opalas, feitas em Pedro II, estavam entre os mais visitados. "Todo mundo que vem a Pedro II quer levar alguma joia de opala. Essa é a segunda vez que venho e, sempre que posso, compro uma lembrancinha pra família na praça do artesanato. As opções são muitas e os preços são muito bons, principalmente no último dia do evento", diz a professora Edna Alencar.

Quem vem a Pedro II para vender seus produtos também não tem o que reclamar. "Venho desde a primeira edição do festival. As vendas são muito boas", diz Everardo de Andrade, de Piripiri, que ocupou um dos 66 estandes da feira vendendo cachaça, licor, doce e cajuína.

O Festival também favorece a abertura de novos negócios e fortalece o empreendedorismo na cidade. "O nosso espaço funciona normalmente como uma floricultura. Com o festival, decidimos montar uma barraca de drinks, vender lanches e, depois dos shows, colocamos música, com DJ, bandas, e ficamos abertos até mais tarde. Tivemos uma receptividade tão boa que já estamos pensando em repetir aos finais de semana, em Pedro II", diz Luis Claudio Braga, um dos donos do espaço. Ele e a família trabalharam durante o festival para atender o público do evento.

Para o prefeito de Pedro II, Alvimar Martins, o 16º Festival de Inverno de Pedro II já é considerado o maior, entre todas as edições realizadas. "Foram dias intensos, com uma vasta programação, voltada para o público de todas as idades. Todas as nossas praças receberam um fluxo enorme de pessoas. Nosso sentimento é de dever cumprido e de gratidão a todos que nos ajudaram a fazer o maior festival cultural do Piauí. Nossas expectativas foram superadas e conseguimos fazer o maior e melhor Festival de Inverno", afirma o prefeito.

 O Festival de Inverno de Pedro II é uma realização da Prefeitura de Pedro II, Sebrae e Governo do Estado, através das secretarias de Cultura e de Turismo.


Fonte: Prefeitura de Pedro II

Próxima notícia

Dê sua opinião: