AJUDA

Setur distribuirá cestas básicas para guias e condutores de turismo do Piauí

A ação contempla no total 370 profissionais do setor.


Campanha

Campanha Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado do Turismo do Piauí (Setur) desenvolveu um projeto voltado para ajudar guias e condutores que foram prejudicados pela redução das atividades no setor de devido à pandemia da Covid-19. A iniciativa visa a distribuição de cestas básicas para os profissionais que estiverem com as informações regularizadas no Sistema Nacional de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) e os condutores cadastrados nas prefeituras e ICMBio.

A ação contempla um total de 291 condutores distribuídos nas cidades de Parnaíba, Luís Correia, Cajueiro da Praia, Ilha Grande, Piracuruca, Castelo do Piauí, Oeiras, Bom Jesus, Santa Cruz dos Milagres, Teresina, São Raimundo Nonato, Coronel José Dias e Pedro II. Já os 79 guias beneficiados estão distribuídos nas cidades de Teresina, Altos, Pedro II, São Raimundo Nonato, Parnaíba, Oeiras, São Lourenço, Bom Jesus, Santa Rosa e Corrente.

O secretário de Estado do Turismo, Flávio Nogueira Júnior, ressalta a importância dos profissionais para o setor. “Muitos vivem apenas da renda gerada pelos parques da Serra da Capivara, Sete Cidades, Serra das Confusões, cachoeiras, museus, Delta do Parnaíba e eventos que acontecem anualmente como festivais ou religiosos. Eles são extremamente necessários para o crescimento do turismo e estão sendo bastante afetados neste momento onde tudo está paralisado”, frisa o gestor.

“Realizamos um mapeamento em conjunto com as prefeituras desde o dia 25 de maio. Fizemos o levantamento dos profissionais por região e desenvolvemos o projeto junto ao setor de Operações e Marketing. O projeto é em caráter de urgência”, explica a superintendente do Turismo, Carina Câmara.

A Setur disponibiliza atendimento pelo e-mail protocolosetur.pi@hotmail.com para esclarecimentos sobre projeto, assim como orientações para o Cadastur e o Selo Responsável de Turismo.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: