Projeto qualifica beneficiários do Minha Casa, Minha Vida

Foram ofertadas 190 vagas em oito cursos profissionalizantes


Curso

Curso Foto: Ascom

Dezenas de teresinenses beneficiados. Oportunidade de geração de emprego e renda. Acolhimento.  Durante todo o segundo semestre deste ano, os residentes do Portal da Alegria VI-B, beneficiários do programa habitacional "Minha Casa, Minha Vida", foram contemplados com o Projeto de Capacitação para Produtividade e Renda. O projeto visa fortalecer a política de qualificação profissional realizada pelo município de Teresina, constituindo uma ferramenta para que as famílias possam conseguir qualificação para o mercado de trabalho e geração de renda.

No projeto, foram distribuídas 190 vagas em oito cursos profissionalizantes contemplando as áreas de Artesanato, Gestão e Negócios, Informática, Estética e Beleza. Os cursos ofertados foram definidos a partir de mapeamento de vocações produtivas realizado por uma empresa especializada, estando em conformidade com as necessidades dos moradores e com as demandas do mercado local. São eles: Agente de Portaria, Assistente Administrativo, Corte de Cabelo e Escova, Depilação, Decoração com Balões, Bombeiro Hidráulico, Operador de Microcomputador e Técnicas de Vendas.

A presidente da FWF, Samara Pereira, destacou o sucesso do Projeto: "A maioria das pessoas beneficiadas estavam fora do mercado de trabalho e sem perspectivas de atuação profissional, desenvolvimento de atividades de geração de renda e o grande diferencial do projeto foi levar para estas pessoas uma perspectiva real de mudança de vida através da profissionalização. O grande destaque foi a plena participação e aproveitamento dos alunos e alunas em cada atividade proposta. O desafio é continuar com essa motivação nas próximas etapas do projeto", Samara Pereira.

Mesmo sendo desenvolvido em um ano de dificuldade em relação ao contexto de emprego e geração de renda em que o país se encontra, o projeto buscou levar capacitação que contribuísse com efetiva geração de renda para a comunidade e inserção no mercado de trabalho formal.

Um exemplo é Leidia Barroso que já trabalhou em pizzarias e açaiterias mas sempre foi apaixonada mesmo pela área da beleza. Manicure há 15 anos, recentemente concluiu o curso de Depilação através do Projeto de Capacitação para Produtividade e Renda e já conseguiu uma oportunidade de trabalho.

"Eu fiquei sabendo do curso através de uma amiga e confesso que de início eu desacreditei da qualidade por ser gratuito. Mas foi só as aulas começarem pra eu perceber que estava muito errada. Eu só me surpreendia a cada módulo que avançava. Já trabalho como manicure há muitos anos e sempre tive interesse em aprender sobre depilação pois é uma área de expansão em Teresina. Logo que concluí o curso surgiu a oportunidade de trabalhar em um grande salão e não poderia deixar passar", conta Leidia Barroso.

Um dos diferenciais do Projeto foi a assistência prestada aos alunos que não tinham com quem deixar suas crianças que eram cuidadas pelos recreadores infantis enquanto seus responsáveis realizavam tranquilamente as atividades de capacitação profissional e pudessem ter melhor aproveitamento em sala de aula. Enquanto isso, as crianças usufruíam de momentos de lazer, aprendizado, criatividade, imaginação e sociabilidade realizando trabalhos de diversos temas, inclusive aqueles relacionados aos cursos que os pais estavam participando. Mais de 60 crianças entre cinco e doze anos foram acolhidas pelo projeto.

 "Esse foi o primeiro de muitos projetos de capacitação que serão executados nos empreendimentos do programa habitacional "Minha Casa, Minha Vida" daquela região e foi um sucesso. Justamente por oportunizar ao público participante capacitação profissional com possibilidades reais de incremento da renda familiar", pontua a Assessora Técnica e responsável pela elaboração do projeto, Heline Santos.

Ao final dos cursos profissionalizantes foi realizada a Primeira Feira de Produtos e Profissões, momento rico de socialização dos alunos e comunidade onde os egressos puderam mostrar suas novas profissões e novas formas geração de renda. No dia do evento foi possível conferir exposição e comercialização de produtos, divulgação dos serviços dos profissionais autônomos da região, atividades recreativas, atrações musicais. Também foram ofertados serviços de beleza gratuitos, oficinas de artesanato, distribuição de mudas e emissão de carteiras de trabalho. O Balcão do Trabalhador prestou serviços de orientação profissional e empresas da área de recrutamento estavam presentes no evento fazendo a seleção de candidatos.

"O projeto superou as expectativas com resultados de qualificação de moradores alcançado, trazendo novas perspectivas de atuação profissional", afirmou o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres.

O Projeto Capacitação Profissional para Produtividade e Renda é fruto da parceria entre a Fundação Wall Ferraz (FWF), Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Fundação Padre Antônio Dante Civiero (FUNACI) e financiado pela Caixa Econômica Federal, através do "Programa Minha Casa Minha Vida".

Fonte: PMT/Ascom

Próxima notícia

Dê sua opinião: