AJUDA

Ação social do Sindsegnne beneficia instituição do Piauí

O mesmo recebeu o Lar Espírita da Terceira Idade André Luiz, em Porto Velho


Abrigo São Lucas

Abrigo São Lucas Foto: Divulgação

Diante da pandemia, são muitas as pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social e econômica, faltando-lhes o básico. Comovido com este cenário e compromissado com seu viés solidário, o Sindicato das Seguradoras Norte e Nordeste (Sindsegnne) realizou uma grande campanha de doações que beneficiou 12 instituições de acolhimento e ações sociais em diversos estados.

Alimentos, material de limpeza e produtos de higiene pessoal estavam entre os itens doados aos projetos, escolhidos criteriosamente pelos delegados regionais que representam o Sindsegnne em cada estado do Norte e Nordeste. A Fundação Abrigo São Lucas, em Teresina, no Piauí, foi uma das entidades selecionadas. Em São Luís, no Maranhão, o beneficiado foi o Centro Comunitário do Radional e Adjacências.

A Associação Casa Padre Luigi Brusadelli, em Santana, foi a entidade escolhida no Amapá. O abrigo presta serviço de acolhimento para adultos e idosos em situação de vulnerabilidade social há mais de 40 anos. Em Belém, no Pará, o Abrigo São Vicente de Paulo, gerido pela Associação Senhoras da Caridade, foi o beneficiado, recebendo donativos para as idosas acolhidas no espaço.

O mesmo recebeu o Lar Espírita da Terceira Idade André Luiz, em Porto Velho. Desde 1998, a instituição abriga idosos desamparados na capital rondoniense. Em Pernambuco, foram escolhidas para receber as doações a Associação Amigos do Nordeste e o projeto Anjos da Noite, que juntos distribuíram alimentos para pessoas em situação de rua na capital. No Ceará, a Associação Anjo Rafael, que trabalha para ajudar crianças em situação de vulnerabilidade em Fortaleza, foi a escolhida pelo delegado local para receber os donativos.

Em Cabedelo, na Paraíba, foram entregues alimentos para o I.E.M Unidos Brás. Já em Natal, no Rio Grande do Norte, a Casa Durval Paiva, instituição que há 23 anos atende crianças e adolescentes com câncer e doenças hematológicas crônicas e seus familiares durante e após o tratamento, recebeu as doações do Sindsegnne. O projeto Desafio Jovem de Manaus, que desde 1981 desenvolve um trabalho voltado à prevenção, recuperação e reinserção social de jovens e adultos, dependentes químicos em álcool e outras drogas, foi beneficiado na capital do Amazonas.

Todas as instituições escolhidas não têm fins lucrativos e atuam unicamente através de donativos e voluntariado. “Essas ações espelham a missão social e filosofia solidária que nosso segmento apresenta. Diante disso, nosso Sindicato reafirma seu compromisso com a comunidade e agradece todos os delegados e entidades beneficentes que se engajaram nessas causas”, afirma o presidente do Sindsegnne, Ronaldo Dalcin.

Fonte: Nathália | Voz Comunicação

Próxima notícia

Dê sua opinião: