Blog do Deusval
BLOG DO DEUSVAL

Homenagem à minha saudosa professora do Ginásio Frei Henrique de São João do Piaui

Dois anos após a experiência de Colônia, foi chamada a retornar à sua terra natal para prosseguir na sua profícua missão educacional.


Professora Teresinha

Professora Teresinha Foto: Divulgação

Teresinha Laurentino de Carvalho, emérita educadora de gerações dos sanjoanenses, mais conhecida como professora Dona Teresinha, nasceu em 3 de dezembro de 1927 em São João do Piauí, entre os cinco filhos do casal Angela de Sousa Reis e Pedro Laurentino de Sousa. Convém destacar que na época da sua adolescência não existia estabelecimento educacional regular em São João do Piauí, e que por isso a jovem Teresinha Laurentino saiu aos 14 anos de idade para cursar o ginásio no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora na cidade de Petrolina-PE e, em seguida, cursou a Escola Normal do Colégio Sagrado Coração de Jesus, em Teresina-PI.

A adolescente Teresinha já demonstrava vontade indômita pelos estudos e, especialmente, para abraçar a carreira do magistério, pois com coragem enfrentava a dura travessia, a cavalo, de São João do Piauí a Afrânio-PE e de lá seguia viagem de trem para Petrolina. A viagem a Teresina não era diferente em dificuldade e desconforto. Formada professora, deu início com determinação e intrepidez a sua longa e valorosa trajetória educativa, quando foi designada, nos anos 1940, para lecionar na única escola da Colônia Agrícola Nacional, município de Oeiras-PI, e atualmente a cidade de Colônia do Piauí.

Dois anos após a experiência de Colônia, foi chamada a retornar à sua terra natal para prosseguir na sua profícua missão educacional. E recebeu a incumbência de primeira diretora do recém-criado Grupo Escolar Areolino de Abreu, em fase que se iniciava a educação formal de São João do Piauí. Assumindo verdadeira ação de transformação na educação de São João do Piauí que, pela falta de professores, as crianças não frequentavam a escola, o que lhe coube a responsabilidade de sair de casa em casa incentivando os pais a motivarem os filhos o hábito de frequentar a escola.

Em São João do Piauí também foi convidada pelo então educador Pe. Solon a assumir a cadeira de matemática, em criação, do Ginásio Frei Henrique, do Instituto São João Batista. A professora Dona Teresinha era incansável na sua arte de ensinar, pois logo ingressou na rede estadual de ensino ministrado aulas de matemática no Grupo Escolar Salomão Carvalho e na Escola Normal José Cândido Ferraz. Dona Teresinha foi um exemplo de amor ao magistério, pois se doou por 32 anos ininterruptos lecionando em três turnos nas instituições de ensino da sua telúrica São João do Piauí.

Mas depois de longeva carreira educadora, ela não se conformou em parar, e seu ímpeto e energia para educar falaram mais alto e, aposentada, apresentou-se como voluntária à Paróquia de São João Batista para continuar a sua obra na educação de crianças, jovens e adultos, como sempre fez, e foram mais 10 anos de ação solidária e socioeducativa.
A professora Teresinha Laurentino de Carvalho é orgulho de São João, pela brilhante participação na educação, pela pessoa humana irrepreensível e pelo legado de mulher, esposa e mãe devota.
Casou-se com o comerciante e agropecuarista João Batista de Carvalho e teve três filhos: Elias Laurentino de Carvalho, Maria do Socorro Carvalho e Leticia Laurentino de Carvalho. Faleceu em 14 de maio de 2007, aos 79 anos de idade, em Teresina-PI.

Próxima notícia

Dê sua opinião: