SINDVIGILANTES-PI realiza Eleição para o Triênio 2019/2022


Eleição

Eleição Foto: Socorro Silva

Piauí, no último sábado (04/05) aconteceu à eleição do Sindicato dos Vigilantes em Teresina, onde a chapa 1 CUTista, foi à vencedora. Encabeçada por André Lima.

Após 02 anos afastados do sindicato, André Lima e os demais companheiros que compõem a chapa vencedora, retornarão a direção.

Os trabalhadores reconhecem que durante a atuação da direção coordenada por André, a luta foi árdua, e incansável, e agora querem recuperar o tempo perdido, e os danos causados que terão que ser refeitos através de uma nova etapa, o recomeço, onde a nova direção encontrará pela frente novos desafios, e um deles é o direito dos trabalhadores, sendo eles vigilantes, que foram prejudicados com a má atuação da gestão que tinha como presidente o candidato à reeleição na chapa 2, Alex Duarte.

O resgate a dignidade, ao respeito, e aos direitos conquistados, a custo de muitos anos de dedicação junto aos trabalhadores em vigilância e empresas patrimoniais, trouxe a tona o importante papel de um sindicato na vida daqueles (as) que precisam usufruir de um bem que tem que estar à disposição de plantar boas sementes, e colher bons frutos, e isso só é possível quando se tem a frente pessoas capacitadas, e qualificadas para assumir e coordenar uma entidade que cumpre e respeita as determinações de sua categoria, trabalhando em prol da mesma.

Para André Lima “A categoria está por 02 anos sofrendo sem reajuste, descontos no contracheque por falta de convenção coletiva, e não é justo que se tenha um sindicato que os representa e eles vivenciem essa situação sem ter uma diretoria que lute por eles, por isso só temos que agradecer a todos e todas por confiarem mais uma vez naqueles que estão sempre dispostos a defendê-los”. Disse.

Eleição

Paulo Bezerra – Presidente da CUT-PI “É uma honra poder estar presente durante todo o processo o qual a chapa 1 esteve reunida, trabalhando atentamente, se preparando para o grande dia, e mais precisamente para mostrar a sua seriedade, seu compromisso, foram dias de reuniões que fortaleceram a vontade de continuar a frente de tão representativo sindicato, e agora com a grande vitória dos trabalhadores, e da chapa 1, o sindicato volta a se filiar a nossa central, e assim somaremos todos juntos nessa nova etapa de reconstrução de dias melhores que estão por vir, com confiança, e muita resistência contra a retirada de direitos, e com o apoio dos demais sindicatos cutistas”. Concluiu.

Eleição

Durante os dois anos em que André esteve afastado do SINDVIGILANTES (2017), não deixou de lado as suas preocupações com o rumo que estava tomando os desmandos do então presidente Alex, e principalmente com as perdas as quais os vigilantes vivenciaram, procurado pela categoria, André cogitou não mais concorrer, mas os trabalhadores não aceitaram um “não” como resposta, e assim chega-se a uma conclusão: Tem competência e amor àqueles que ele soube e sabe muito bem defender, e que Sindicato é coisa seria, não é uma aventura e nenhum brinquedo.

Nessa eleição de 2019, houve a intervenção do Ministério Público do Trabalho, devido às várias truculências ocorridas no ambiente do sindicato, o que acabou dividindo a diretoria e causando grandes transtornos, o que levou aos trabalhadores a exigir a retirada do presidente Alex.

O espaço de lazer, que antes era uma opção agradável aos vigilantes e seus familiares, ficou totalmente abandonado, uma perda imensa para a categoria, que precisava ter o seu espaço para curtir os seus finais de semana, mas agora com o retorno do presidente eleito, André Lima, que antes zelava pelo espaço, as coisas irão retomar o seu devido lugar para o bem de todos.

A campanha que antecedeu a eleição foi cheia de mentiras, e falsas promessas proveniente da chapa 2, mas a categoria mostrou que não é boba, e que a mentira tem perna curta, cansada de tanto esperar, deu a resposta nas urnas no sábado (4), trazendo de volta quem realmente tem compromisso com os trabalhadores.

Durante todo o processo que antecedeu a eleição, André Lima contou com o apoio incondicional da Central Única dos Trabalhadores – CUT-PI, que hoje tem como presidente Paulo Bezerra, que junto com a Chapa 1, reuniu-se muitas vezes na sede da central, para debater a necessidade de persistir e resistir na luta em defesa dos trabalhadores vigilantes, fazendo com que a Chapa 1 “Unidos podemos mais, é hora da virada” se sentisse segura do avançar dessa conquista vitoriosa sobre a chapa 2.

Registrando também nessa matéria que o presidente do Sindicato Alex Duarte, durante o seu mandato fez a desfiliação da entidade da CUT-PI, e agora com a vitória de André Lima, o sindicato retorna a casa, o lugar que o está esperando de portas abertas para somar cada vez mais com a defesa dos direitos da classe trabalhadora, e contra o retrocesso.

André Lima e todos os componentes da chapa 1, contaram também com o apoio da maioria dos sindicatos CUTistas, com representantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Vigilância (CNTV), Sindicato dos Vigilantes de Niterói e Região (RJ), Pernambuco, Ceará (Fortaleza), Bahia, Maranhão, Rio Grande do Norte.

A eleição do sindicato dos vigilantes aconteceu de forma transparente, democrática, e justa.

TOTAL DE VOTOS:

CHAPA 01 - 492

CHAPA 02 - 284

NULOS       - 07

BRANCOS - 01

TOTAL:... 784

A CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES NO ESTADO DO PIAUÍ-CUT-PI PARABENIZA AOS COMPANHEIROS E COMPANHEIRAS DA CHAPA 1 POR ESSA GRANDE VITÓRIA! E AOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS (VIGILANTES) POR FAZEREM A ESCOLHA CERTA. AO TEMPO EM QUE AGRADECE A TODOS (AS) OS SINDICATOS CUTISTAS QUE OS APOIARAM NESSA JORNADA.

Próxima notícia

Dê sua opinião: