Blog do Fábio
A tal democracia

“Aos amigos tudo; aos inimigos, a lei”

Vamos deixar que cada cidadão, tenha o livre arbítrio, que a lei seja lei, e não interferir nos sonhos alheios


A questão da democracia

A questão da democracia Foto: Divulgação

Você já parou para pensar que vivemos de fato dentro de uma ilusória democracia e ela tem sido, para muitos, poder falar o que bem entender, principalmente na geração da internet, sem medir consequências, as violações, a lei, os equívocos de forma de lidar individual ou coletiva?

Vejo que a liberdade tem sido bastante confundida com libertinagem e isso não vem de hoje. Aprendi que uma das principais bases da democracia é justamente  harmonização dos interesses do Estado e do povo, de forma que a lei reja tanto para o governo quanto para o povo, sem haver contaminação com a demagogia e ditadura, sem buscar um meio termo entre as ditas esquerda e direita.

Assim, enquanto a humanidade continuar alimentando o pensamento de que a lei é para o outro, nos moldes do provérbio “aos amigos tudo; aos inimigos, a lei”; enquanto os Estados criarem leis com “dois pesos e duas medidas” em seu favor, preterindo o povo e favorecendo o próprio estado, será que teremos, efetivamente, a democracia no mundo? Agora, pensando em mim, como ser humano, enquanto eu ficar à mercê de pensamentos variados, tais como, por exemplo, os de consumismo, que me levam a comprar o que não preciso, apenas para atender à sua vontade, ou os que me levam a agir preconceituosamente, emitindo juízos ilógicos, quem estaria no comando: eu ou os pensamentos que me dirigem, como tiranos, fazendo de mim uma marionete em suas mãos?

Encerro essa reflexão, concluindo o grande vínculo que existe entre a democracia e a liberdade. A partir disso, me veio outro tipo de reflexão, deve ser justamente por isso que seja tão difícil entender a democracia, afinal é difícil também entender o real e honesto conceito de liberdade.

Por outro lado essa democracia que diz que o Seu Chiquinho ou dona Beth tem direito de ser candidato (a) é uma controvérsia, um caso a ser estudado. Todos não têm o direito de ser candidato? Ou pré-candidato (a)? Porque o espanto e as piadas com as pessoas?

Quando dizem "fulano devia ter vergonha de sair pré-candidato", pois ele só tem mal o voto próprio, nem a família votará nele. Você já ouviu alguma pessoa dizer isso?

Vamos deixar que cada cidadão, tenha o livre arbítrio, que a lei seja lei, que o STF seja o STF, que o TRE seja o TRE e não interferir nos sonhos alheios.

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Fábio Teles

Fábio Teles

Fábio Teles é jornalista. Escreveu nos jornais A Folha do Litoral, Correio do Piauí, Diário do Povo, O Dia e Meio Norte. Trabalhou também na TV Timon, TV MN, Rádios Igaraçu de Parnaíba e Jockey FM. Foi responsável por blogs em vários portais. Retrata a sociedade em sua forma multimídia. FACEBOOK fabiotelesjornalista TWITTER @fabioteles_ INSTAGRAM @pluralagenciadecomunicacao WHATSAPP 86 99903.5941 EMAIL fabioteles@yahoo.com.br

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete