Blog do Brandão
VALENTÃO PRESO

Do Piauí, só Fábio Abreu votou contra a prisão do bolsonarista Daniel Silveira

Fábio Abreu é militar como Daniel Silveira e com seu voto demonstra que coaduna com os pensamentos do colega


O deputado Capitão Fábio Abreu, agora no PL

O deputado Capitão Fábio Abreu, agora no PL Foto: Arquivo do Piauí Hoje

Dos dez deputados federais do Piauí,  apenas o Capitão PM Fábio Abreu, do Partido Liberal (PL), votou pelo relaxamento da prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PL), preso desde terça-feira (16.02) por atacar e ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal, STF, e defender um golpe de estado, o AI-5 e aliciar seguidores a atos violentos contra adversários Governo Bolsonaro.

A Câmara dos Deputados decidiu nesta sexta-feira (19) manter na prisão o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), preso por decisão do unânime dos ministros do (STF). Foram 364 votos a favor da manutenção da prisão, 130 contra e 3 abstenções. 

O placar superou em 107 votos o mínimo exigido para a aprovação do parecer da relatora, a deputada Magda Mofando (PP-GO) que recomendou manter a prisão do parlamentar bolsonarista — eram necessários pelo menos 257 votos (maioria absoluta; metade mais um) dos 513 deputados.

Um dos principais defensores do presidente Jair Bolsonaro na Câmara, Silveira foi preso em flagrante na noite de terça-feira (16) no Rio de Janeiro pela Polícia Federal após divulgar um vídeo no qual fez apologia ao AI-5, instrumento de repressão mais duro da ditadura militar, e defendeu a destituição de ministros do STF — reivindicações inconstitucionais.

A prisão determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, foi confirmada por unanimidade pelo plenário do tribunal. A prisão também foi mantida após a audiência de custódia.

A Constituição prevê, no entanto, que a prisão em flagrante de parlamentar deve ser submetida ao plenário da Câmara para que decida se a mantém ou não. E foi o que aconteceu. 

VEJA COMO VOTOU CADA DEPUTADO 

https://www.camara.leg.br/presenca-comissoes/votacao-portal?reuniao=60387

Quem é Daniel Silveira

Daniel Silveira é um deputado federal eleito pelo PSL na esteira do bolsonarismo. Ele iniciou sua carreira como traficante de anabolizantes em academias de Petrópolis. Virou policial militar no Rio de Janeiro e em apenas quatro anos na corporação teve mais de 70 punições por indisciplina, sendo mais de 80 dias preso.

Como PM, Daniel invadiu escolas ocupadas para intimidar e agredir alunos e professores. Foi e ele quem o arrancou e quebrou a placa em homenagem a vereadora Mariele Franco, durante a campanha de 2018. A vereadora foi assassinada em 14 de março daquele ano.  

Daniel tem vários processos por agredir mulheres militantes de esquerda em manifestações de rua. Faz campanha de difamação diuturna contra o STF, inclusive pedindo abertamente um novo AI-5, o que acabou levando o parlamentar para cadeia.

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Luiz Brandão

Luiz Brandão

Luiz Brandão é jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí. Está na profissão há mais de 35 anos. Já trabalhou em rádios, TVs e jornais. Foi repórter das rádios Difusora, Poty e das TVs Timon, Antares e Meio Norte. Também foi repórter dos jornais O Dia, Jornal da Manhã, O Estado, Diário do Povo e Correio do Piauí. Foi editor chefe dos jornais Correio do Piauí, O Estado e Diário do Povo. Atualmente é diretor de jornalismo do portal www.piauihoje.com

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete