SANITIZAÇÃO

Governo desinfecta estabelecimentos em ações de combate ao coronavírus

Nos últimos dias, Corpo de Bombeiros e Águas de Teresina higienizaram rodoviárias, hospitais públicos, mercados, entre outros locais que possuem aglomerações


Bombeiro em ação cotra o Coroavírus

Bombeiro em ação cotra o Coroavírus Foto: Divulgação CCOM

O Governo do Estado, por meio do Corpo de Bombeiros, e com o auxílio da empresa Águas de Teresina, tem atuado para desinfectar vários estabelecimentos públicos para reduzir a incidência do novo coronavírus. Os locais escolhidos são os que favorecem a existência de aglomerações, como as pistas de rolamento (vias públicas) nas cidades de Teresina, Parnaíba, Picos e Floriano.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Frederico, a corporação atua no combate à Covid-19 com a aplicação de mistura de água com hipoclorito em áreas de circulação de pessoas e ambulâncias. Em Parnaíba, o líquido está sendo aplicado em local de circulação de pessoas e nas ambulâncias do Hospital Dirceu Arcoverde (Heda), que é referência no atendimento de pacientes com suspeita de coronavírus. O trabalho está sendo realizado pelas viaturas do 2º Batalhão de Bombeiros Militar.

Além de hospitais, serão higienizados locais como rodoviárias e bancos. O hipoclorito foi doado pela Regional de Saúde do Estado na cidade de Parnaíba. Outros municípios também serão auxiliados.

Em Teresina, inicialmente, a operação ocorrerá nas vias próximas a hospitais e também nas vias próximos ao aeroporto e rodoviária. “Por enquanto, a operação será feita em dias alternados na cidade, mas a tendência é evoluir e fazer a higienização em mais locais”, afirma.

Águas de Teresina
O Terminal Rodoviário de Teresina foi desinfectado, na manhã da última quinta-feira (2), pela concessionária de águas e esgotos da capital, a Águas de Teresina. A empresa fez a desinfecção do local (com água e hipoclorito de sódio), e pulverização por meio de caminhão-pipa com jato. Também foram desinfectados os espaços destinados para estacionamento dos ônibus na área de embarque e desembarque de passageiros.

Além disso, todos os funcionários estão trabalhando devidamente protegidos, fazendo uso de máscaras, luvas e álcool em gel. Também foram orientados para que, caso alguém chegue a apresentar sintomas, o SAMU seja acionado imediatamente. Banners com medidas de prevenção foram colocados em vários pontos, para ressaltar o quanto essas atitudes são necessárias.

Também na quinta-feira, a desinfecção aconteceu na área externa do Aeroporto de Teresina. Com a pandemia do coronavírus, a empresa disponibilizou equipes, veículos e insumos para realizar essa ação preventiva em parceria com a Prefeitura de Teresina. O trabalho acontece desde a última terça-feira (31) e deve continuar ainda por alguns dias, enquanto for necessário. Cerca de 32 mil litros da solução já foram utilizados nesses dois dias de trabalho, atendendo o entorno de hospitais como o Getúlio Vargas, Natan Portela, São Marcos, Hospital da Polícia Militar, entre outros.

Com o avanço dos casos da Covid-19, houve a orientação para que a Sinart – concessionária responsável pela manutenção e gestão das rodoviárias de Teresina, Picos e Floriano – intensificasse as ações diárias de limpeza. Funcionários estão usando máscaras e cartazes informativos reforçam dicas de como evitar o contágio e da importância da higiene entre passageiros, funcionários e visitantes.

“Antes de tudo, os projetos de PPP são pensados para desempenhar um bom serviço para a população. Nesses tempos de crise, temos visto essas e outras ações das concessionárias que, mesmo sem obrigação contratual, ampliaram suas atividades para ajudar a combater o coronavírus, desempenhando um importante papel social”, avalia a superintendente da Suparc, Viviane Moura.


Além da limpeza e desinfecção de ruas, a concessionária Águas de Teresina também está atuando em parceria com a Rede Pense Piauí na distribuição de álcool para a rede hospitalar. É em um caminhão da concessionária que o álcool 96% é transportado dos fornecedores voluntários até uma farmácia de manipulação, que faz a preparação do álcool 70%, recomendado para a higienização e desinfecção. Após essa etapa, o produto segue para o envasamento antes de ser distribuindo na rede hospitalar de Teresina. Segundo a coordenação da Rede Pense Piauí, cerca de mil litros de álcool em gel já foram distribuídos nos hospitais e outros quatro mil litros aguardam para serem envasados e distribuídos até o final desta semana.

Neste domingo, a Nova Ceasa realizou uma desinfecção preventiva no mercado. A Águas de Teresina utilizou 15 mil litros de solução composta por água e hipoclorito de sódio.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: