SERVIÇO

Ciaspi oferece atendimento psicológico gratuito a servidores estaduais

As pessoas que tiverem interesse no serviço deverão entrar em contato com o Ciaspi, no turno da manhã, nos telefones (86) 99402-2379 e (86) 99404-4164


Ciaspi oferece atendimento psicológico gratuito a servidores estaduais

Ciaspi oferece atendimento psicológico gratuito a servidores estaduais Foto: Divulgação

O Centro Integrado de Atenção ao Servidor (Ciaspi), vinculado à Secretaria de Administração e Previdência (SeadPrev), está oferecendo atendimento psicológico gratuito a servidores estaduais que estejam precisando cuidar da sua saúde emocional. As pessoas que tiverem interesse no serviço deverão entrar em contato com o Ciaspi, no turno da manhã, nos telefones (86) 99402-2379 e (86) 99404-4164. O atendimento é feito de forma virtual, por meio de videochamada.

A secretária de Administração e Previdência, Ariane Benigno, revela a preocupação com a saúde emocional dos servidores. “A pandemia do coronavírus já dura mais de um ano. Nesse tempo, o convívio social foi limitado, tivemos que adotar uma série de medidas para conter a disseminação do vírus: servidores foram afastados do trabalho presencial, do convívio diário com os colegas de trabalho, tiveram que se adaptar ao home office. Tudo isso tem gerado muita ansiedade nas pessoas. Pensando nisso e preocupados com a saúde dos servidores do Estado, resolvemos oferecer, por meio do Ciaspi, o serviço de atendimento psicológico a estas pessoas”, explicou a gestora.

A gerente de Atenção e Promoção a Saúde do Servidor, Elismary Alencar, informa que o atendimento será feito por dois psicólogos vinculados ao Ciaspi. “Serão 24 atendimentos semanais, de segunda a quinta-feira. O servidor que se interessar pelo atendimento psicológico deve ligar ou enviar whatsapp para os números de telefone que disponibilizamos e será agendado dia e hora para o atendimento, que será totalmente virtual”, explicou.

Elismary Alencar destacou que o Ciaspi avalia ampliar a quantidade de atendimentos conforme a demanda pelo serviço. “Nas primeiras semanas teremos um termômetro de como o serviço será recebido pelos servidores. De acordo com a procura, podemos expandir a quantidade de atendimentos a fim de garantir que todas as pessoas que busquem o serviço sejam acolhidas”, frisou.

Desconto para os beneficiários do auxílio emergencial 2021

Mercado de profissionais autônomos é impulsionado pela pandemia

Prazo para contestar auxílio emergencial negado vai até o dia 12

Fonte: Governo do Piauí

Próxima notícia

Dê sua opinião: