Decreto pode anular aumento da tarifa de ônibus

A Câmara de Teresina vai votar o decreto logo após o fim do recesso


Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT)

Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT) Foto: Assessoria parlamentar

A Câmara Municipal de Teresina vai votar um decreto legislativo que pede a anulação do decreto do prefeito Firmino Filho (PSDB), que aumento a tarifa de ônibus para R$ 3,85. A votação ocorrerá após o fim do recesso.

O decreto é do vereador Dudu (PT) e foi protocolado na terça-feira (22). Agora o decreto será votado no Plenário da Câmara. Dos 30 vereadores, 26 são da base do prefeito.

Dudu defende que o aumento ocorreu de forma ilegal e o novo valor é incompatível com a realidade do transporte público da capital. O vereador espera que a Câmara aprove seu decreto e assim anulará o aumento da passagem de ônibus.

Fonte: Redação Piauí Hoje

Próxima notícia

Dê sua opinião: