Teresa Britto propõe a inspeção das 47 barragens do Piauí

A oradora lembro os desastres nas barragens de Mariana e Brumadinho


Deputada estadual Teresa Britto (PV)

Deputada estadual Teresa Britto (PV) Foto: Caio Bruno/Alepi

A deputada Teresa Britto (PV) fez sua estréia na tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira (5),  quando lembrou a sua trajetória política e adiantou como pretende atuar como vice-líder da oposição - o líder é o deputado Gustavo Neiva (PSB).  A oradora defendeu o diálogo com o governo, lembrando sua atuação durante 14 anos na Câmara Municipal de Teresina. 

A deputada disse que tem se preocupado basicamente com os problemas da saúde pública, por ser profissional do setor, e do meio ambiente, a principal bandeira do seu partido. Citando o problema das barragens de Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais, ela defendeu a vistoria das 47 barragens exikstente no Piauí.

O discurso de Teresa Britto recebeu apartes dos deputados Gustavo Neiva (PSB) e Francisco Lima (PT). O primeiro, para elogiar a vitória após três disputas; e o segundo, dizendo acreditar na capacidade de diálogo da oradora. 

Gustavo Neiva disse que a oposição, apesar de diminuta, terá atuação responsável e sempre vigilante. Francisco Lima reforçou a tese de que as barragens devem ser monitoradas.

Teresa Britto concluiu seu pronunciamento lembrando que das 47 barragens piauienses 25 são de responsabilidade do DNOCS e que as mesmas devem ser inspecionadas e que os resultados sejam informados à Assembleia. E anunciou que o assunto será discutido na sessão seguinte.

Fonte: Alepi

Próxima notícia

Dê sua opinião: