STF

Supremo Tribunal Federal julga pedido de liberdade de Lula

O julgamento teve início às 9h45 e Moro poderá ser declarado suspeito


Campanha Lula Livre

Campanha Lula Livre Foto: Ricardo Stuckert

Teve início às 9h45 desta terça-feira (11) na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento que pode definir liberdade do ex-presidente Lula. Participam da sessão os ministros Edson Fachin, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandovsky, Gilmar Mendes e Celso de Mello.  A defesa pede para que Sérgio Moro seja declarado suspeito. Na primeira parte do julgamento,  Cármen e Fachin votaram contra o Habeas Corpus.  Gilmar e Lewandovsky podem empatar em 2x2 o placar, deixando o voto decisivo para Celso de Melo.

O julgamento entrou na pauta do colegiado após a publicação de reportagens pelo site Intercept que mostram uma suposta colaboração ministro da Justiça, Sergio Moro, que foi o juiz responsável pela Lava Jato em Curitiba,  e o coordenador da operação no Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol.  Moro foi o responsável pela condenação de Lula em primeira instância nesse processo.


Em breve mais informações


Fonte: Brasil 247

Próxima notícia

Dê sua opinião: