CORRUPÇÃO

Marcelo Castro defende intervenção no FNDE depois de prisão de ex-ministro

Ele afirmou que as prisões evidenciam o uso criminoso dos recursos públicos da Educação


Senador Marcelo Castro

Senador Marcelo Castro Foto: Ascom

O senador piauiense Marcelo Castro (MDB) comentou nesta quarta-feira (22) sobre as prisões do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e de outros dois pastores suspeitos de corrupção no MEC. 

Ele afirmou que as prisões evidenciam o uso criminoso dos recursos públicos da Educação e defendeu intervenção no FNDE, órgão ligado ao Ministério.

"O mandado de prisão preventiva pela Polícia Federal do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura evidencia a suspeita de uso criminoso dos recursos públicos do FNDE, como vem apurando a Comissão de Educação do Senado. Agora, é urgente que se faça uma intervenção no FNDE para que se apure os contratos feitos na gestão de Milton Ribeiro, em que recursos públicos eram direcionados, sem nenhum critério técnico e com viés político", escreveu o senador numa rede social.

O senador que é presidente da Comissão de Educação do Senado, classificou como descalabro as suspeitas de corrupção que envolve pastores dentro do Ministério da Educação. "O que temos visto é um descalabro na administração pública", finalizou.

Pesquisa Amostragem para senador: Wellington 52,8%; Joel 11,2%; Fábio Sérvio 4,8%

Com apoios, Rafael Fonteles tem 55,82% e Sílvio Mendes tem 29,92%; diz Amostragem

Próxima notícia

Dê sua opinião: