COVID-19

Mais de 100 entidades assinam nota de responsabilização de autoridades por mortes da Covid

Manifesto publicado por 12 organizações neste domingo recebeu dezenas de adesões de alerta contra medidas ineficazes e não-recomendadas adotadas por autoridades


Coronavírus

Coronavírus Foto: Reprodução

O Idec, ONG de Defesa do Consumidor, e mais 11 organizações publicaram, neste domingo (17), uma nota pública de alerta para a sociedade sobre a responsabilidade de autoridades pelas mortes evitáveis por Covid-19. Nesta segunda-feira, mais de 100 outras entidades, incluindo o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, solicitaram inclusão no manifesto.

“É muito importante que a sociedade civil seja ouvida neste momento. A população está em risco e as políticas adotadas têm se mostrado ineficazes no combate à pandemia. São as ações, ou a falta delas, que serão diretamente responsáveis pela vida ou morte de milhares de brasileiros. Vamos seguir cobrando”, afirma Teresa Liporace, diretora executiva do Idec.

A nota é um alerta às autoridades e agentes públicos cujas decisões e atos administrativos estão colocando em risco a vida da população e causando mortes que poderiam ter sido evitadas, caso houvessem sido atendidas as recomendações e consensos científicos. Acusa o “verdadeiro genocídio” de populações mais vulneráveis que está curso no país.

Ressalta ainda as insuficientes medidas de isolamento social da população e destaca a omissão do Governo Federal em relação às evidências científicas sobre a doença, além de manifestar rejeição a qualquer ato legislativo ou medida que busque isentar agentes públicos de responsabilização por seus atos. 

Novas adesões e a leitura da íntegra da nota pública podem ser feitas em: https://idec.org.br/alerta-mortes-coronavirus

Fonte: Idec

Próxima notícia

Dê sua opinião: