INSEGURANÇA

Vereador teme que indicação técnica para disputar PMT não tenha apoio popular

Tucano lembrou que em duas ocasiões o PSDB indicou nomes técnicos para o pleito municipal e disse que em 2020 pode acontecer o mesmo cenário


Vereador Edson Melo (PSDB)

Vereador Edson Melo (PSDB) Foto: Reprodução

O vereador e presidente municipal do PSDB em Teresina, Edson Melo, concedeu entrevista na tarde desta segunda-feira (02), e falou sobre a sucessão municipal na capital e da dificuldade que os tucanos têm em apresentar o pré-candidato do partido.

Melo relatou que Firmino Filho tem razão em não antecipar a discussão eleitoral de 2020 para este ano.

“Prefeito Firmino está certo com relação a essa não precipitação, eu acho que isso é bom para ele próprio como gestor e é bom pra cidade, acho que esse ano ainda é para continuar administrando, fazendo obras, planejando e inaugurando obras. O prefeito está focado nas questões do município, inclusive é a gestão que vai ser o modelo que vai gerar o discurso do partido”, disse.

Ele defende que o nome escolhido seja do primeiro escalão da prefeitura.

“Tudo indica que [o pré-candidato indicado] seja da equipe do prefeito, o que tá em discussão é continuação da administração do PSDB na prefeitura, o modelo de gestão, então muito provavelmente o candidato será um membro da equipe”, considerou.

Contudo, o medo do vereador é que o nome apresentado seja um bom gestor, mas não apresente condições de vencer as eleições.

“Digo sempre para o prefeito Firmino que nós temos excelentes nomes para ser prefeito, gestor, mas temos que ter também nome bom para ganhar eleição, não só para ser um bom prefeito futuro”, justificou.

Edson Melo informou ainda que juntamente com o ex-deputado Luciano Nunes e os vereadores Samuel Silveira e Venâncio Cardoso, o grupo está com a responsabilidade de formar a chapa proporcional do PSDB em Teresina.

Com relação a chapa de prefeito e vice-prefeito quem está coordenando é o prefeito Firmino Filho. Ele está ouvindo a população, ouvindo os aliados políticos e também fazendo as pesquisas qualitativas para que a população indique o perfil do candidato ideal", finalizou.

Próxima notícia

Dê sua opinião: