LDO 2020

Câmara rejeita imposição de Firmino Filho e aprova a LDO para 2020

Prefeito propôs que metade dos R$ 800 mil das emendas impositivas fossem para a Saúde


Plenário da Câmara Municipal de Teresina

Plenário da Câmara Municipal de Teresina Foto: CMT

Com previsão da destinação para a saúde de 20% das emendas impositivas, no valor de R$ 800 mil para cada vereador, a Câmara Municipal de Teresina aprovou na manhã desta terça-feira (18), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece a receita e estima a receita para Orçamento de 2020 da Prefeitura de Teresina.

O prefeito Firmino Filho (PSDB) queria que 50% do valor dessas emendas, ou seja R$ 400 mil, fossem para a saúde, mas os vereadores aprovaram apenas 20% o que equivale a R$ 160 mil.

Foi rejeitada a emenda do vereador Joaquim do Arroz que destinava para o transporte eficiente R$ 2 milhões dos recursos previstos para a comunicação da PMT.

Fonte: CMT

Próxima notícia

Dê sua opinião: