AÇÃO

Audiência discute incineração de resíduos no bairro Areias

Os moradores reclamam do lixo tóxico gerado pela incineradora da empresa Raiz


Reunião

Reunião Foto: Divulgação

O vereador Dudu (PT) esteve reunido em audiência com o Secretário de Segurança Pública, Rubens Pereira, representantes da Defensoria Pública e da empresa Raiz Soluções em Resíduos e a população do bairro Areias para discutir a situação dos moradores que estão sendo expostos as cinzas de lixo tóxico gerado pelo incinerador da empresa. A situação vem causando sérios problemas para as pessoas da região.  

Dudu afirma que essa situação vem afetando de forma direta a vida da população do bairro. “No local temos idosos e crianças que estão expostos a um gás bastante tóxico. Segundo os moradores, a empresa produz um lixo muito tóxico e de um cheiro insuportável, além disso esses resíduos estão danificando as casas, e principalmente prejudicando a saúde das pessoas”, afirmou Dudu.

Segundo um morador, que não quis se identificar, a empresa vem ocasionado sérios problemas para as famílias que residem no bairro. “Tem cinzas espalhadas por toda a minha casa. Quando ficamos na porta de casa as cinzas produzidas pelo incinerador ficam caindo em cima da gente. Isso é demais, tudo cheio de fumaça”, disse o morador.

Durante a reunião realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP) ficou definido que a empresa irá suspender os serviços de incineração no local.

 “A empresa se comprometeu de não fazer incineração de carcaças de animais e nem de lixo, ou seja, os serviços vão ficar suspensos até o dia 30 de agosto, que é o prazo para que eles possam fazer uma correção na chaminé do incinerador. Os representantes da empresa afirmaram ainda que está em processo a aquisição de um novo espaço para serem realizados os serviços. A comunidade ficou satisfeita com os encaminhamentos da reunião e os prazos estabelecidos. Vamos continuar acompanhando o desenrolar da situação, pois é inadimíssivel que a população esteja à mercê de uma fumaça tóxica, assim prejudicando a saúde da comunidade. Esperamos que o acordo seja cumprido e que a gente possa ter uma solução definitiva com a retirada da empresa da região”, destacou o vereador Dudu. 

Fonte: Ascom

Próxima notícia

Dê sua opinião: