PANDEMIA

Visitas de familiares a detentos do Piauí estão suspensas por mais 15 dias

Prorrogação de medidas tem por objetivo evitar a contaminação por Covid-19 da população carcerária


Penitenciária de Vereda Grande

Penitenciária de Vereda Grande Foto: JC 24 Horas

Portaria publicada na última quarta-feira (13) pelo Secretário de Estado da Justiça, Carlos Edilson, prorroga por mais 15 das a suspensão de visitas sociais e íntimas de familiares a apenados das unidades prisionais do Piauí. 

O documento tem validade até 22 de junho e usa o enfrentamento ao novo coronavírus perante a população carcerária como justificativa para adoção dessas medidas. Somente na Penitenciária Mista de Parnaíba, região Norte do estado, há 26 detentos infectados com Covid-19, de acordo com a SEJUS.

Atividades educacionais, escoltas, recambiamentos interestaduais, serviços de assistência religiosa também estão proibidos.

A portaria traz ainda orientação o atendimento de defensores públicos e advogados a clientes nas unidades prisionais. Por meio de videoconferência o atendimento está permitido de 8h às 16h com no máximo, três advogados e três defensores por turno.

Já o atendimento presencial será diário, mas apenas a dois internos de cada unidade com uso de máscara e o devido distanciamento social.

Clique aqui e confira o documento na íntegra.

Próxima notícia

Dê sua opinião: