WHATSAPP

Vídeos de "grupos de cornos" caem nas redes sociais e caso vai parar na Polícia

Os grupos "Cornos Campomaiorenses - 2019" e "Cornos de Campo Maior - 2019" cairam na Internet através de dois vídeos


Montagem de prints de vídeos

Montagem de prints de vídeos Foto: Piaui Hoje

A criação e divulgação do "Cornos Campomaiorense - 2019" e do "Cornos de Campo Maior - 2019'", o que seriam dois grupos de usuários de WhatsApp "viralizou" e está gerando muita confusão. O caso foi parar em registro de Boletim de Ocorrência (B.O) na 5ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Campo Maior, cidade localizada a 84 quilômetros de Teresina (PI).

Os grupos "Cornos Campomaiorenses - 2019" e "Cornos de Campo Maior - 2019" caíram na Internet através de dois vídeos com fotos de várias pessoas daquela cidade. As gravações acabaram nas redes sociais e foi o assunto desta segunda-feira (24) no município de cerca de 50 mil habitantes.

A repercussão foi maior que seus criadores pensavam e chegou a várias cidades da região e até na capital. A "brincadeira entre amigos" teria partido de membros de um grupo de WhatsApp denominado "Piauí Tem de Tudo", administrado por pessoas de Campo Maior.

Mas a "brincadeira" pode causar muitos  dissabores aos criadores, porque pessoas que se consideraram vítimas de calúnia, e difamação e constrangimento acionaram a Polícia. Fonte do www.piauihje.com, informou que na manhã desta segunda-feira (24) havia pessoas com raiva, mulheres sob ameaça de "taca" e até pedido de proteção na polícia.

Por volta das 21 horas, o policial Backer Martins, agente especial da 5ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Campo Maior, confirmou registro de um B.O, cuja cópia nossa reportagem teve acesso no início da tarde.

Ele disse ter tomado conhecimento de que um grupo de amigos fez uma brincadeira e divulgou um vídeo em grupo de WhatsApp que acabou vazando e se espalhando nas redes sociais. "Sei que 99% dos que aparecem nos vídeos são amigos, vivem brincando, se xingando corno", disse agente.

O problema é que no grupo divulgado nos vídeos existem pessoas que não gostam e nem praticam esses tipos de "brincadeiras". São poucos, mas já registro de B.O na delegacia por se sentirem vítimas de difamação, calúnia e constrangimento.

Membros do grupo "Piauí Tem de Tudo", acusados de criar e divulgar os grupos "Cornos Campomaiorenses - 2019" e "Cornos de Campo Maior - 2019" foram à polícia e também registraram B.O para garantir  que não foram os autores da montagem e divulgação dos vídeos..

A Polícia, segundo Baker Martins, deverá investigar o caso para chegar ao autor ou autores dos vídeos e da criação do grupo. Ainda na tarde desta segunda-feira (24) surgiram boatos dando conta de que um novo vídeo "versão 3.0" com "mais cornos de Campo Maior" seria divulgado.

NOTA DA REDAÇÃO - Os vídeos estão em poder da Polícia e do portal www.piauihoje.com. Mas não vamos divulgar em respeito às leis que garantem a privacidade da imagem de qualquer cidadão, principalmente dos que se sentem vitimas, como neste caso.

Cópia de um dos Boletins de Ocorrências registrados na Delegacia de Campo Maior


Fonte: Polícia Civil

Próxima notícia

Dê sua opinião: